Ponte Preta demite o técnico Paulo Comelli

Diretoria da equipe campineira divulga notícia através de sua assessoria de imprensa; técnico diz não saber

20 de novembro de 2007 | 13h51

A diretoria da Ponte Preta tornou oficial, nesta terça-feira, a demissão do técnico Paulo Comelli. A sua queda já era esperada devido os seus resultados negativos em 11 jogos nos quais comandou o time. Foram quatro derrotas, cinco empates e apenas duas vitórias, com aproveitamento de apenas 33%. Na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, sábado, em Belém, diante do Remo, o time campineiro será dirigido interinamente por Sérgio Guedes, técnico da equipe de juniores. A decisão da diretoria aconteceu após reunião de duas horas e meia acontecida, nesta terça-feira, na empresa do presidente Sérgio Carnielli. A confirmação aconteceu somente às 12h20, através da assessoria de imprensa. Não houve nenhum esclarecimento sobre a multa contratual do técnico, que tinha vinculo até dezembro de 2008. Pelas palavras de surpresa de Comelli, o provável é que a discussão se estenda até a Justiça do Trabalho.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.