Divulgação/Twitter
Divulgação/Twitter

Ponte Preta derrota o São Bento em casa e ainda sonha com o acesso

Pela Série B, time de Campinas bate adversário por 2 a 1 dentro de casa e fica quatro pontos atrás do G4

Estadão Conteúdo

02 Novembro 2018 | 19h22

A Ponte Preta sofreu, mas manteve vivo o sonho de conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro ao vencer neste sábado o São Bento por 2 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 34.ª rodada da Série B.

Ainda sem saber o que é perder sob o comando de Gilson Kleina - quatro vitórias e um empate -, a Ponte Preta chegou aos 50 pontos e segue na oitava colocação. A diferença para o G4 é de quatro. Por outro lado, o São Bento estacionou nos 43 e ainda corre remotas chances de rebaixamento, na 12.ª posição.

Últimos dois clubes do meia Daniel, que foi assassinado de forma cruel no último final de semana, Ponte Preta e São Bento prestaram homenagens. Todos os jogadores entraram com uma faixa preta nos braços e o capitão Ewerton Páscoa com um pôster do ex-companheiro.

O forte calor fez os dois times controlarem o ritmo durante todo o primeiro tempo. Com as defesas bem postadas, os gols só aconteceram em lances de bola parada. A Ponte Preta abriu o placar aos 23 minutos com Renan Fonseca aproveitando de cabeça o escanteio cobrado por Danilo Barcelos. A bola foi no ângulo.

O empate do São Bento saiu nos minutos finais. Roni cobrou escanteio e Ewerton Páscoa cabeceou no canto direito de Ivan, que saiu mal do gol. Tudo igual aos 40.

O time da casa voltou com outra postura do intervalo e pressionou o visitante nos minutos iniciais até marcar aos 12 minutos. André Luis foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti convertido por Danilo Barcelos.

Em busca do empate, o time de Sorocaba (SP) partiu com tudo e quase marcou com Roni. Ivan se recuperou da falha no gol e garantiu a vitória alvinegra com uma defesa à queima-roupa.

Os dois times voltam a campo às 20h30 desta terça-feira, pela 35.ª rodada. A Ponte Preta recebe o Boa, novamente no estádio Moisés Lucarelli, enquanto que o São Bento encara o Coritiba, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 2 x 1 SÃO BENTO

PONTE PRETA - Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; João Vitor, Lucas Mineiro, Tiago Real (Paulinho) e Matheus Vargas (Murilo); André Luis e Júnior Santos (Hyuri). Técnico: Gilson Kleina.

SÃO BENTO - Rodrigo Viana; Everton Silva, Ewerton Páscoa, Luizão e Bruno Ré; Dudu Vieira, Abuda (Ronaldo), Samuel Santos e Roni; Joãozinho (Luidy) e Francis. Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS - Renan Fonseca, aos 23, e Ewerton Páscoa, aos 40 minutos do primeiro tempo; Danilo Barcelos (pênalti), aos 12 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - João Vitor, Paulinho e Júnior Santos (Ponte Preta); Samuel Santos, Francis e Roni (São Bento).

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho (SP).

RENDA - R$ 69.115,00.

PÚBLICO - 6.501 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.