Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Ponte Preta desiste de contratar trio de jogadores do Palmeiras

Tiago Real, Maikon Leite e um outro zagueiro do Alviverde iriam fazer parte do negócio entre os clubes

DANIEL BATISTA, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 11h52

SÃO PAULO - As negociações entre Ponte Preta e Palmeiras pelo meia Tiago Real, pelo atacante Maikon Leite e um zagueiro fracassaram. Nesta quinta-feira, o clube de Campinas anunciou que desistiu de contratar o trio de jogadores da equipe paulista por empréstimo, encerrando as tratativas. A confirmação do fracasso na negociação foi feita pela diretoria da Ponte Preta através de nota oficial.

"A Diretoria de Futebol da Macaca chegou ao limite financeiro possível nas propostas feitas ao clube da capital, no entanto o Palmeiras considera que são necessários mais recursos do que os oferecidos pela Ponte. Desta forma, a AAPP, que mantém a postura de administração responsável, na qual não ultrapassa os limites estabelecidos no orçamento da instituição, encerrou as negociações com a equipe palmeirense", anunciou.

O problema que emperrou as negociações, como confirmado pela própria Ponte Preta, foi financeiro. O Palmeiras desejava que o clube de Campinas pagasse a maior parte dos salários dos jogadores, enquanto a direção do time interior desejava arcar com menos da metade dos vencimentos dos jogadores. Além disso, havia um impasse sobre qual zagueiro o Palmeiras cederia - Luiz Gustavo ou Wellington.

Com o elenco inchado, a diretoria do Palmeiras tenta negociar jogadores, numa forma de também reduzir a sua folha salarial. Maikon Leite e Tiago Real hoje estão encostados no elenco do Palmeiras, sendo que o primeiro deles esteve próximo de acertar a sua ida para o Umm-Salal, do Catar, mas a transação acabou não se concretizando. Com o novo fracasso nas negociações, eles permanecem no clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.