Ponte Preta deve liberar volante Renê Júnior para o Bahia em 2017

Jogador atuou durante a temporada 2016 na equipe baiana e foi um pedido de Guto Ferreira

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2016 | 19h31

Mesmo tendo renovado contrato com dois volantes - João Vitor e Wendel -, a Ponte Preta deve ir atrás de mais um reforço para o setor. É que Renê Júnior, emprestado ao Bahia, deve continuar em Salvador para a temporada de 2017. Ele tem contrato com o time campineiro até o final de maio e deveria, em princípio, disputar o Campeonato Paulista.

Mas como Renê Júnior fez parte do grupo que levou o Bahia à elite nacional, ele deve continuar no clube baiano. Então deve rescindir com a Ponte Preta e assinar vínculo de um ano com o Bahia, atendendo a um pedido do técnico Guto Ferreira. Segundo Gustavo Bueno, gerente de futebol da equipe de Campinas (SP), alguns nomes "estão sendo monitorados" para repor o setor, mas são mantidos sem segredo.

Por outro lado, o meia-atacante Clayson tem aparecido em listas de reforços como Santos e Flamengo. Mas, oficialmente, não existe nenhuma proposta para a revelação de 21 anos. O mesmo vale para o atacante William Pottker, de 22, um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro, com 14 gols. Os dois jogadores têm contrato com a Ponte Preta até dezembro de 2019.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.