Ponte Preta dispensa os atacantes William e Leandrinho

A diretoria da Ponte Preta ainda não confirmou os nomes dos primeiros reforços para 2011, mas continua reformulando o elenco. Nesta segunda-feira, o clube confirmou as saídas dos atacantes William e Leandrinho. Por outro lado, renovou com o volante Gerson até o final do próximo ano.

AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2010 | 21h56

Artilheiro da equipe na Série B, com 14 gols, William era uma das prioridades da diretoria campineira. No entanto, não houve acordo, após uma reunião com o procurador do atleta, Adriano Spadotto, nesta tarde. Enquanto isso, Leandrinho sai em comum acordo com a Ponte Preta depois de mais de dois anos no clube. Neste tempo, ele até conseguiu boas atuações, mas acabou prejudicado por duas lesões graves no joelho.

Gerson, por sua vez, se mostrou otimista com o futuro. Ele chegou à equipe de Campinas em abril deste ano, após disputar o Campeonato Paulista pelo Mirassol e trabalhou com o técnico Gilson Kleina, em 2007, no Paraná. "Sinceramente, estou muito feliz com esta renovação. Desde que sai de férias e soube que havia a possibilidade de ficar no clube, era isso que eu queria. Agradeço o reconhecimento da diretoria pelo meu trabalho e sei da competência da nova comissão técnica", pontuou Gerson.

Ainda nesta semana, a diretoria alvinegra deve confirmar até oito reforços para 2011. Os nomes são mantidos em sigilo, mas pelo menos um já escapou na imprensa. Trata-se do meia-atacante Wanderley, que conquistou o acesso à Série C pelo Guarani, de Sobral (CE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaWilliam

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.