Arquivo/AE
Arquivo/AE

Ponte Preta e Guarani se unem para promover novo dérbi

Com apoio da prefeitura de Campinas, clubes querem classificar o duelo deste sábado como 'Jogo da Paz'

AE, Agencia Estado

15 de junho de 2009 | 22h12

Promovido pela Prefeitura de Campinas, por meio de seu departamento de esportes, o confronto entre os dois rivais da cidade, Ponte Preta e Guarani, será denominado como Dérbi Rivalidade da Paz. Brigando pelas primeiras posições da Série B do Campeonato Brasileiro, os rivais históricos vão se enfrentar no próximo sábado, no Estádio Moisés Lucarelli.

 

Veja também:

tabela Classificação

lista Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão  

O objetivo é proporcionar um clima de harmonia fora de campo, mesmo porque é esperado um público de 18 a 20 mil torcedores. A proposta envolve a disputa de um troféu, uma aposta entre dois jogadores e uma gincana entre as torcidas por doações de agasalhos.

A promoção foi divulgada nesta segunda-feira, no Salão Azul da Prefeitura Municipal, com a coordenação do diretor de esportes, Gustavo Petta, e com a presença do prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). Os dois presidentes dos clubes apoiaram a iniciativa - tanto Sérgio Carnielli, da Ponte Preta, como Leonel Martins de Oliveira, do Guarani.

O duelo terá uma taça própria, o Troféu Dérbi 2009, que será entregue ao clube que fizer mais pontos nos dois jogos válidos pela Série B. A partida de volta será disputada no mês de setembro, ainda sem data definida, no Brinco de Ouro da Princesa.

A disputa entre jogadores está restrita a Deda, da Ponte Preta, e Nei Paraíba, do Guarani, que selaram a aposta em que o perdedor pagará 30 cestas básicas para o Banco de Alimentos de Campinas. No caso de empate no jogo, os dois vão doar as cestas. O "Troféu Torcida Solidária" será dado à torcida que conseguir arrecadar o maior número de agasalhos. Todo o material será doado para a Campanha do Agasalho.

Esse será o dérbi de número 184, na contagem oficial, com 59 vitórias da Ponte Preta, 61 empates e 63 triunfos do Guarani. O último clássico campineiro, válido pelo Paulistão deste ano, terminou empatado por 2 a 2. O jogo foi disputado no Brinco de Ouro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.