Álvaro Jr./ PontePress
Álvaro Jr./ PontePress

Ponte Preta e Vitória empatam sem gols em jogo de 9 amarelos e seguem ameaçados

Equipe de Gilson Kleina ocupa a 15ª posição na Série B e está a cinco pontos do Z-4, onde está o time baiano

Redação, Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2021 | 18h36

Em tarde dos goleiros Ivan e Lucas Arcanjo, Ponte Preta e Vitória fizeram um jogo sem gols, mas de nove cartões amarelos. O resultado neste sábado, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 32ª rodada, manteve os rivais ameaçados pelo rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. O clube paulista ocupa a 15ª posição, com 38 pontos, a cinco da degola, que é aberta justamente pelo Vitória, 17º colocado.

Os goleioros foram os destaques logo no primeiro tempo. Aos 12 minutos, Yago Henrique cruzou na segunda trave e Moisés cabeceou firme. Lucas Arcanjo, porém, espalmou. A resposta veio aos 25 minutos em chute forte de Fabinho, mas Ivan apareceu para salvar os paulistas. Aos 44 minutos, Roberto aproveitou bola rebatida e, já na área, encheu o pé, mas também parou em Ivan.

A primeira chance do segundo tempo foi do Vitória. Aos 15 minutos, Fernando Neto bateu da entrada da área, mas Ivan apareceu de novo para defender. A Ponte Preta tentou aos 38 minutos em uma bomba de Lucas Cândido. A bola passou perto do travessão do Vitória. Na sequência, aos 42 minutos, Rodrigão cabeceou no cantinho, mas Lucas Arcanjo se jogou e evitou o gol paulista.

Na 33ª rodada, a Ponte Preta visitará o Goiás na Serrinha, em Goiânia, na terça-feira, às 21h30. No mesmo dia, mas às 16 horas, o Vitória receberá o CSA no Barradão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 0 VITÓRIA

PONTE PRETA - Ivan; Kevin, Fábio Sanches, Rayan (Ednei) e Rafael Santos; Marcos Júnior (Lucas Cândido), Yago (André Luiz) e Matheus Anjos (Fessin); Richard (Iago), Rodrigão e Moisés. Técnico: Gilson Kleina.

VITÓRIA - Lucas Arcanjo; Raul Prata, Wallace Reis, Thalisson Kelven e Roberto (Soares); João Pedro, Eduardo (Fernando Neto) e Bruno Oliveira (Renan Luís); Fabinho, David (Manoel) e Marcinho (Caíque Souza). Técnico: Wagner Lopes.

GOLS - minutos, do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dênis da Silva Ribeiro Serafim (AL).

CARTÕES AMARELOS - Yago, Moisés, Marcos Júnior, Iago, João Pedro, Roberto, Fernando Neto, Marcinho e Bruno Oliveira.

RENDA - R$ 46.910,00.

PÚBLICO - 3.396 pagantes.

LOCAL - Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.