Divulgação/Ponte Preta
Divulgação/Ponte Preta

Ponte Preta elimina Vila Nova nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Após empate sem gols no tempo normal, time de Campinas se supera e passa para encarar o Afogados, de Pernambuco, na próxima fase

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2020 | 00h14

A Ponte Preta segue viva na Copa do Brasil. Depois de um empate sem gols no tempo normal, o time campineiro ganhou do Vila Nova nos pênaltis por 5 a 3, na noite desta quinta-feira, e fez a festa dos pouco mais de dois mil torcedores presentes no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Na terceira fase, a Ponte Preta vai encarar o Afogados de Ingazeiras, de Pernambuco, que surpreendeu ao eliminar o Atlético-MG, também nos pênaltis. Na nova fase da competição nacional, os confrontos passarão a ser decididos em dois jogos. Com a classificação, a Ponte embolsou mais R$ 1,5 milhão.

Atuando em casa, o time de Campinas teve mais posse de bola durante o primeiro tempo, mas encontrou dificuldades para chegar com perigo à defesa adversária. Aos 24 minutos, Apodi recebeu dentro da área e bateu fraco para fora.

Na melhor oportunidade, Roger recebeu lançamento preciso de João Paulo e saiu na cara do goleiro, mas finalizou rente à trave. O Vila Nova assustou apenas em chute de Thalles por cima.

O panorama da partida não mudou no segundo tempo, mas a Ponte Preta seguia perdendo chances. O artilheiro Roger saiu mais uma vez na cara do goleiro e caiu ao tentar o drible, passando a ser vaiado pelos torcedores.

Com o empate no tempo normal, a decisão acabou indo para os pênaltis. A Ponte Preta teve 100% de aproveitamento nas cobranças, enquanto Gilsinho errou para o Vila Nova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.