Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br
Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br

Ponte Preta empata com o Ituano em casa e Jorginho segue sem vencer

Jogando em casa, no Moisés Lucarelli, equipe de Campinas continua sem vitórias sob comando do novo técnico, contratado no começo do mês

Redação, Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2019 | 19h37

A Ponte Preta segue sem vencer sob o comando de Jorginho. Neste domingo, o time campineiro não saiu de um empate por 1 a 1 contra o Ituano, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

O empate manteve a equipe campineira mais longe da zona de classificação às quartas de final do Paulistão. A Ponte é a terceira colocada do Grupo A, com dez pontos, cinco atrás do Red Bull. O Ituano, por outro lado, se manteve na briga pela vaga em segundo lugar no Grupo D, com 11.

Jorginho assumiu o cargo na última semana. Em três jogos, foram dois empates e uma derrota, para a Aparecidense, por 1 a 0, justamente na partida que eliminou a equipe de Campinas da Copa do Brasil - o duelo acabou sendo anulado pelo STJD na sexta-feira.

O JOGO - Repetindo a escalação pela primeira vez na temporada, a Ponte começou adiantada e obrigou o goleiro Pegorari a fazer a defesa em finalização de Gerson Magrão após roubada de bola no campo de ataque. Tentando manter o ritmo, a Ponte criou outra oportunidade, desta vez com Thalles. O centroavante recebeu de Matheus Vargas dentro da área, mas finalizou fraco, em cima do goleiro do Ituano.

Os visitantes não deixaram barato e responderam logo em seguida. Após linda troca de passes, Serrato deixou Corrêa na cara do gol. Ivan, no entanto, saiu bem para abafar a finalização. O jogo seguiu aberto com os times trocando subidas perigosas.

Quem conseguiu aproveitar os espaços melhor e abriu o placar foi a Ponte Preta. Aos 34 minutos, Matheus Vargas ajeitou na entrada da área e finalizou colocado, no ângulo de Pegorari. A curiosidade do gol foi que pouco antes, o camisa 10 havia ido ao banco de reservas reclamar de dores. Dois jogadores chegaram a aquecer, mas o meia se manteve em campo e marcou. Antes do intervalo, Jonas ainda exigiu grande defesa de Ivan, em chute de fora da área.

De tanto insistir, o Ituano buscou o empate no início do segundo tempo. Aos seis minutos, Morato dançou na frente da marcação e finalizou forte. Ivan espalmou para dentro da área e Martinelli completou para o gol após o rebote.

Com o empate, o Ituano recuou em busca de um contra-ataque para decidir o jogo. A Ponte, por outro lado, se abriu, mandando a campo uma série de atacantes. Matheus Oliveira, que saiu do banco de reservas, foi quem mais levou perigo. O meia finalizou cruzado, forte, e exigiu grande defesa de Pegorari. No final, os donos da casa pressionaram, colocando bolas na área adversária, mas o empate se manteve.

O Ituano volta a campo para enfrentar o Palmeiras, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Allianz Parque, em São Paulo. Na segunda-feira de carnaval, dia 4, a Ponte Preta recebe o Botafogo, às 20 horas, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 1 x 1 ITUANO

PONTE PRETA - Ivan; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Edson (Lyncon), Gerson Magrão, Tiago Real e Matheus Vargas; Hugo Cabral (Matheus Oliveira) e Thalles (Marlyson). Técnico: Jorginho.

ITUANO - Pegorari; Jonas, Léo Santos, Ricardo Silva e Salomão; Corrêa, Baralhas e Marcos Serrato (Bassani); Martinelli, Morato (Marcelinho) e Gui Mendes (Ramon). Técnico: Vinícius Bergantin.

GOLS - Matheus Vargas, aos 34 minutos do primeiro tempo e Martinelli, aos seis minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edson, Gerson Magrão, Matheus Vargas e Ivan (Ponte Preta); Salomão, Corrêa, Morato, Baralhas e Ricardo Silva (Ituano).

ÁRBITRO - Salim Fende Chávez.

RENDA - R$ 47.545,00.

PÚBLICO - 2.390 pagantes (2.681 no total).

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato PaulistaPonte PretaItuano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.