Ponte Preta está pronta para ?decisão?

Mesmo interino no cargo, o técnico Nenê Santana, da Ponte Preta, exige de seus jogadores uma postura agressiva diante do rebaixado Brasiliense, neste domingo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Para evitar o rebaixamento, um empate serve ao time campineiro, que soma 48 pontos. Para Santana, depois de outra semana agitada, o grupo ?está psicologicamente bem preparado? para este jogo decisivo, onde a palavra-chave é responsabilidade. ?Temos um compromisso com o clube e com nossa torcida?, comentou. Após o coletivo realizado na tarde desta sexta, ele praticamente confirmou o time no esquema 4-4-2 e com quatro mudanças. Na defesa, com dores no joelho esquerdo, Rafael Santos acabou vetado e a vaga deixada por Galeano, suspenso com três cartões amarelos, será ocupada por Luís Carlos. Ele não joga há quatro meses e formará a dupla com Preto. O meia Danilo e o atacante Evando, que cumpriram suspensão, voltam nas vagas de André Silva, suspenso, e Rafael Ueta. No ataque, Tico, recuperado de contusão, entra no lugar de Izaías, opção de velocidade para o segundo tempo.

Agencia Estado,

02 de dezembro de 2005 | 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.