Ponte Preta fica no empate sem gols com o Red Bull Brasil em duelo campineiro

Alvinegro fica na segunda posição do Grupo D após 0 a 0

Estadão Conteúdo

18 Fevereiro 2017 | 21h58

A Ponte Preta bem que tentou, criou inúmeras oportunidades, mas não conseguiu balançar as redes do goleiro Saulo e ficou no empate sem gols com o Red Bull Brasil, neste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

Apesar de não conseguir emplacar duas vitórias seguidas, a Ponte Preta foi beneficiada pela derrota do Santos para a Ferroviária, por 1 a 0, e assumiu a vice-liderança do Grupo D, com sete pontos. O Red Bull Brasil chegou aos dois, ficando na lanterna do Grupo B.

Nos minutos iniciais, a Ponte Preta pressionou e criou duas boas oportunidades com Clayson e Lins, mas em ambas a finalização saiu pela linha de fundo. A melhor chance, porém, foi do time visitante. Após escanteio cobrado, Luan Peres ficou com a sobra na pequena área e só não marcou porque foi travado por Yago. A bola foi mansamente para as mãos de Aranha.

O segundo tempo foi totalmente dominado pela Ponte Preta, apesar de Thallyson quase ter marcado em chute forte na entrada da área. Com mais posse de bola, os donos da casa criaram oportunidade atrás de oportunidade, mas não conseguiram marcar. Na melhor delas, Lucca escapou em velocidade e cruzou rasteiro para o artilheiro William Pottker, que bateu de primeira por cima do gol.

Os dois times voltam a campo nesta quarta-feira pela quinta rodada. A Ponte Preta enfrenta o Linense, às 19h30, no estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins (SP), enquanto que o Red Bull Brasil recebe o Novorizontino, às 17 horas, no estádio Moisés Lucarelli.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 x 0 RED BULL BRASIL

PONTE PRETA - Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Artur; Fernando Bob (Jadson), Matheus Jesus e Lucca (Erick Salles); Clayson (Ravanelli), Lins e William Pottker. Técnico: Felipe Moreira.

RED BULL BRASIL - Saulo; Lucas Taylor, Luan Peres, Willian Magrão e Thallyson; Alison, Nando Carandina (Milton Júnior)(Denner), Fillipe Soutto e Elvis (Nixon); Misael e Elton. Técnico: Alberto Valentim.

CARTÃO AMARELO - Fillipe Souto (Red Bull Brasil).

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

RENDA - R$ 42.400,00.

PÚBLICO - 4.245 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.