Divulgação/Juventude
Divulgação/Juventude

Ponte Preta ganha, fica mais próxima do G4 e rebaixa o Juventude

Roberto aos 31 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2018 | 23h27

A Ponte Preta rebaixou mais um clube na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o time de Campinas (SP) venceu o Juventude por 1 a 0, em pleno estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela 36.ª e antepenúltima rodada, e manteve vivo o sonho de conquistar o acesso à elite.

Com seis vitórias e um empate sob o comando do técnico Gilson Kleina, a Ponte Preta entrou de vez na briga ao subir para a quinta colocação com 56 pontos, um a menos que o quarto colocado Avaí, que enfrenta o Fortaleza, neste sábado, em Florianópolis.

A terceira derrota seguida rebaixou matematicamente o Juventude para a Série C em 2019. Com apenas 35 pontos, o time gaúcho não pode mais passar o CRB - ficaria atrás no número de vitórias em caso de empate - e faz companhia ao Boa, que também caiu depois de perder para a Ponte Preta por 1 a 0, na última terça-feira.

A tática da Ponte Preta parecia clara. Segurar a pressão no primeiro tempo para buscar a vitória na etapa final. Por isso, o time priorizou a marcação, mas mesmo assim foi quem criou a melhor oportunidade. Aos 39 minutos, Danilo Barcelos cruzou e Tiago Real cabeceou para fora. Júnior Santos assustou em chute de longa distância. Apesar de ter mais posse de bola, o Juventude não criou nenhum lance de perigo e foi para o intervalo sob vaias.

Diante da necessidade da vitória, o Juventude pressionou no início do segundo tempo e criou boas chances. Ivan defendeu chute de Hugo Sanches, que levou perigo em chute rasteiro na rede pelo lado de fora. A situação dos donos da casa ficou pior aos 31 minutos, quando Roberto tabelou com Victor Rangel e abriu o placar para a Ponte Preta com um chute rasteiro.

O nervosismo tomou conta dos jogadores do Juventude e a torcida passou a vaiar a cada toque de bola. Nos minutos finais, Esquerdinha perdeu a chance de empatar ao bater para fora um cruzamento de Hugo Sanches. O gol estava aberto. Sobraram vaias e choro.

O Juventude volta a campo na próxima quinta-feira contra o Fortaleza, às 19h15 (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza, enquanto que a Ponte Preta recebe o Coritiba, nesta terça, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Os jogos serão válidos pela 37.ª e penúltima rodada.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 0 x 1 PONTE PRETA

JUVENTUDE - Douglas Silva; Vidal, Wagner, Bonfim e Neuton (Esquerdinha); Diones (Felipe Lima), Lucas, Tony, Denner (Douglas Kemmer) e Pará; Hugo Sanches. Técnico: Luiz Carlos Winck.

PONTE PRETA - Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; Nathan, Lucas Mineiro, Paulinho (Victor Rangel) e Tiago Real (André Castro); Júnior Santos (Roberto) e André Luis. Técnico: Gilson Kleina.

GOL - Roberto aos 31 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bonfim (Juventude); Tiago Real (Ponte Preta).

ÁRBITRO - Rodrigo Batista Raposo (DF).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.