Ponte Preta goleia América-RN, mas é vaiada por torcida

No Moisés Lucarelli, time ganha por 4 a 0, vai a 39 pontos e continua com poucas chances de subir

AE, Agencia Estado

29 de setembro de 2009 | 21h52

A Ponte Preta conseguiu uma vitória em grande estilo para diminuir pelo menos um pouco a crise, após a derrota no dérbi contra o Guarani. O time campineiro goleou o América-RN por 4 a 0, nesta terça-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

 

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com este resultado, a Ponte Preta volta a vencer depois de três rodadas, com duas derrotas e um empate. Além disso, chegou aos 39 pontos e mantém suas remotas chances de acesso. Já os potiguares seguem seriamente ameaçados, com 28 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

Cumprindo o prometido, as torcidas organizadas da Ponte Preta protestaram muito nas arquibancadas com faixas pedindo atitude para a diretoria e coros contra alguns jogadores. Mesmo com o clima contrário, o time mostrou eficiência e abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo, com o atacante Danilo Neco aproveitando cruzamento de Márcio Mixirica.

O jogo seguiu equilibrado, mas os donos da casa voltaram a marcar novamente com Danilo Neco, aos 13 da segunda etapa, após passe do estreante Danilo Portugal. A Ponte Preta liquidou o jogo aos 22 minutos, com o atacante Lins completando de cabeça um cruzamento do lateral-esquerdo Vicente. No final, aos 46, Finazzi ainda marcou o quarto após cruzamento de Neco.

Na próxima sexta, às 21 horas, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Enquanto isso, o América-RN busca a reabilitação contra o Campinense, no mesmo dia e horário, em Natal.

PONTE PRETA 4 X 1 AMÉRICA-RN

Ponte Preta - Gilson; Dede, Marrom, Dezinho e Vicente; Willian, Pirão, Danilo Portugal (Lins) e Nenê (Tinga); Danilo Neco e Márcio Mexerica (Finazzi). Técnico: Márcio Bittencourt

América-RN - Weverton; Leandro Silva, Júlio Terceiro e Edson Rocha; Thoni, Ramirez (Éverton César), Rafael (Geovani), Juninho e Wilton Goiano; Helinho (André Luís) e Max. Técnico: Artur Neto

Gols - Danilo Neco, aos 12 minutos do primeiro tempo; Danilo Neco, aos 13, Lins, aos 22, e Finazzi, aos 46 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Vicente, Tinga e Pirão (Ponte Preta); Júlio Terceiro, Weverton, Ramirez e Max (América-RN)

Árbitro - Maurício Aparecido de Siqueira (MT)

Renda - R$ 9.189,00

Público - 1.576 pagantes

Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.