Ponte Preta já voltou a trabalhar

O Carnaval dos jogadores da Ponte Preta se resumiu no sábado. Desde este domingo os jogadores estão concentrados num hotel, em Indaiatuba (SP) - cerca de 40 quilômetros -, reforçando o trabalho físico não realizado na pré-temporada. De lá, todos sairão apenas para o enfrentar o União São João, quinta-feira à noite, em Araras (SP). A ordem é reforçar a parte física sob o comando do fisicultor Luís Fernando Goulart. Ex-preparador, Vadão sabe dos males provocados pela falta de um trabalho preventivo, como o baixo rendimentos e as contusões musculares.Para este próximo jogo, Vadão terá três desfalques: o volante Romeu, expulso, além do atacante Roger, suspenso com três cartões amarelos. Apesar da vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 1, de virada, sexta-feira, a Ponte só tem quatro pontos em cinco jogos, ocupando a 15.ª posição.

Agencia Estado,

06 de fevereiro de 2005 | 16h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.