Ponte Preta marca no fim e derrota Ituano em casa

A Ponte Preta encerrou seu jejum no Campeonato Paulista nesta quarta-feira com uma vitória sofrida sobre o vice-lanterna Ituano, por 1 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Rodrigo Pimpão encerrou a sequência negativa da anfitriã ao balançar as redes aos 42 minutos do segundo tempo.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2012 | 21h48

Com este resultado, os donos da casa acabam com a série de quatro jogos sem vitórias - três empates e uma derrota. Este também foi o primeiro jogo que a Ponte não sofreu gols no Paulistão. Além disso, o time se mantém na zona de classificação, no sétimo lugar, com 15 pontos. Já o Ituano chegou ao oitavo jogo sem vitórias e segue na zona de rebaixamento, com apenas cinco pontos.

Pressionada pela possibilidade de terminar a rodada fora do G-8, a Ponte começou melhor e assustou em chute de longa distância do volante William Magrão, logo aos três minutos. O goleiro Roberto fez grande defesa e evitou o gol. O início empolgante, no entanto, durou pouco tempo.

Conforme os minutos se passaram, a Ponte apresentava as mesmas deficiências dos jogos passados. A defesa e os volantes não conseguiam neutralizar o ataque veloz do Ituano e falhavam seguidas vezes.

Mesmo jogando longe de casa, o time de Itu parecia estar mais à vontade no gramado e criou as melhores chances. Aos 30 minutos do primeiro tempo, o atacante Jefferson Luiz chegou a cabecear uma bola na trave direita do goleiro Lauro.

Quando a torcida já fazia protestos e tudo levava a crer que os mandantes tropeçariam de novo, veio o gol da vitória. Aos 42 minutos, em uma bola espirrada no ataque, a defesa visitante falhou e o atacante Rodrigo Pimpão bateu firme, sem chances de defesa.

No próximo sábado, às 18h30, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Santos, na Arena Barueri. O Ituano jogará contra o XV de Piracicaba, no domingo, às 16 horas, no Estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba. 

PONTE PRETA 1 X 0 ITUANO

PONTE PRETA - Lauro; Guilherme (Cicinho), Wescley, Gian e Uendel (Gérson); Xaves, João Paulo, Willian Magrão (Enrico) e Márcio Diogo; Rodrigo Pimpão e Leandrão. Técnico: Gilson Kleina

ITUANO - Roberto; Anderson Salles, Thiago Gomes e Vítor Hugo; Alex, Alan Mota, Rodrigo Costa, Kleyton Domingues (Michel) e Gustavo (Alemão); Chapinha (Allan) e Jefferson Luis. Técnico: Roberto Fonseca

GOL - Rodrigo Pimpão, aos 42 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS - Alex Ferreira, Guilherme, João Paulo, Rodrigo Costa e Anderson Salles

ÁRBITRO - Welton Orlando Wohnrath

RENDA - R$ 20.550,00

PÚBLICO - 2.766 pagantes

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.