Guilherme Dorigatti/Divulgação
Guilherme Dorigatti/Divulgação

Ponte Preta marca no fim e supera Vasco de virada

Com o resultado, o time de Campinas ultrapassa o rival carioca na tabela

Agência Estado

27 de outubro de 2013 | 18h46

CAMPINAS - "Um jogo para ficar marcado na carreira". Essa foi a frase usada por Uendel e Diego Sacoman - principais protagonistas na tarde deste domingo - para explicar a vitória da Ponte Preta sobre o Vasco por 2 a 1, de virada, no Estádio Moisés Lucarelli, pelo Brasileirão. O zagueiro marcou contra, mas o lateral-esquerdo garantiu o resultado positivo aos 44 minutos do segundo tempo. Sem perder há três rodadas (duas vitórias e um empate), a Ponte Preta finalmente deixou a penúltima colocação e subiu para o 17.º lugar, continuando na zona de rebaixamento, com os mesmos 33 pontos que o Vasco, 18.º colocado. O time campineiro está na frente por causa do número de vitórias: nove contra oito.

Apesar de jogar fora de casa, o Vasco dominou o primeiro tempo, criando os principais lances, tanto que abriu o placar logo aos 16. Yotún recebeu em posição irregular e cruzou para dentro da área. Diego Sacoman, na tentativa de tirar, desviou contra o próprio gol. Depois disso, o nervosismo tomou conta da Ponte Preta, que criou a primeira grande oportunidade apenas aos 38, quando Alessandro soltou a bola nos pés de Rildo, mas conseguiu se recuperar. Aos 50, Diego Sacoman cabeceou e o goleiro cruzmaltino fez linda defesa.

O segundo tempo começou e a Ponte Preta viu a situação ficar ainda mais complicada aos 12 minutos, quando Ferron foi expulso depois de se desentender com Yotún. Quem esperava que o Vasco cresceria na partida com um homem a mais se enganou. Adrianinho deu lindo corte em Sandro Silva e bateu rasteiro, no cantinho de Alessandro, deixando tudo igual. Depois, Nei cometeu falta em Adailton e foi expulso. E quando o jogo se encaminhava para um empate, a Ponte virou aos 44 minutos. Uendel arriscou de fora da área e o goleiro aceitou, para festa nas arquibancadas. Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 32.ª rodada. A Ponte Preta tem mais um confronto direto contra o Criciúma, às 19h30, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. Já o Vasco recebe o Coritiba, às 17 horas, em São Januário, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 2 X 1 VASCO

PONTE PRETA - Roberto, Régis, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Alef e Adrianinho; Rildo (Adailton), Rafael Ratão (Fernando Bob) e William (Leonardo). Técnico - Jorginho.

VASCO - Alessandro, Nei, Jomar, Cris e Yotún (Jhon Cley); Sandro Silva, Wendel (André), Francismar e Marlone; Thalles e Reginaldo (Willie). Técnico - Dorival Júnior.

GOLS - Diego Sacoman, contra, aos 16 minutos do primeiro tempo; Adrianinho, aos 34, e Uendel, aos 44 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (PE).

CARTÕES AMARELOS - Sandro Silva, Reginaldo (Vasco).

CARTÃO VERMELHO - Ferron (Ponte Preta); Nei (Vasco).

PÚBLICO - 13.349 pagantes.

RENDA - R$ 38.870,00.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte PretaVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.