Ponte Preta perde um mando de campo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva mais uma vez puniu a Ponte Preta nesteCampeonato Brasileiro. Depois de tirar quatro pontos em virtude da utilização irregular do volante Roberto, o tribunal, por quatro votos a zero, puniu o time com uma multa de R$ 660,00 e a perda de um mando de jogo pela tentativa de agressão dos torcedores ao trio de arbitragem da partida contra o Internacional, no Moisés Lucarelli. ?Temos que punir esses torcedores que são verdadeiros marginais, e para isso a agremiação tem que pagar pelo erro de seus torcedores", disse o relator Paulo César Salomão Filho. A Ponte foi derrotada por 4 a 1, dia 10 de agosto. Com isso o jogo contra o Paraná Clube, que será realizado dia 21 de setembro, deverá ser realizado em um estádio que esteja há mais de 150 quilômetros de Campinas. Ribeirão Preto e São José do Rio Preto seriam as opções. Alheio aos problemas extra-campo, o técnico Abel Braga utilizou o treinamento desta quarta-feira para dar ênfase aos cruzamentos na área. O treinador acredita que este seja o principal problema do time ter sofrido 13 gols nos últimos quatro jogos. Para enfrentar o Figueirense, Abel terá a volta do volante Roberto, do meia Adrianinho e do atacante Fabrício Carvalho, que estavam suspensos e não enfrentaram o Paysandu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.