Ponte Preta pode ter força máxima contra o Vilhena na Copa do Brasil

Com sua vaga praticamente assegurada nas quartas de final do Campeonato Paulista, a Ponte Preta pode ter um time praticamente titular contra o Vilhena-RO, quinta-feira à noite, em Campinas, no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil. Mas o técnico Guto Ferreira prefere manter o mistério e não revelou a escalação.

Estadão Conteúdo

31 Março 2015 | 21h05

No jogo de ida, houve empate por 1 a 1. Isso significa que agora o empate sem gols já bastará para o time campineiro avançar à segunda fase. Para não correr riscos, é possível que a formação inicial seja a titular e que se os gols aparecerem, alguns reservas possam entrar no segundo tempo.

A preocupação maior da comissão técnica é evitar um desgaste dos jogadores, tanto que já vem sendo feito um rodízio durante os jogos. "Mas é verdade que nossa situação na tabela do Paulistão nos dá uma certa tranquilidade", admite Guto Ferreira.

A Ponte Preta briga pela segunda vaga no Grupo B, com 24 pontos, na vice-liderança, contra 19 do Audax, terceiro. E faltando só duas rodadas, as chances de classificação são enormes. No final de semana, o time campineiro vai receber o Penapolense, domingo, em casa, e depois vai sair, dia 8, diante do Capivariano.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Ponte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.