Ponte Preta prepara surpresas no ABC

Disposta a manter a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta estuda alternativas para driblar seus próximos adversários. O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, aproveitou o coletivo desta quarta-feira à tarde para confirmar o time que enfrentará o São Caetano, neste sábado, no ABC, pela 11ª rodada, além de ensaiar jogadas e experimentar algumas variações táticas. A preocupação em ampliar o leque de jogadas aumentou após as dificuldades enfrentadas na apertada vitória sobre o São Paulo, na última rodada. "Eles marcaram nossas principais jogadas que, pelo visto, já estão manjadas. É um sinal de que as dificuldades vão aumentar daqui para a frente", diz Vadão. O técnico insistiu nas jogadas pelas beiradas do campo, não só no avanço dos laterais, Rissut e Bruno, bem como na alternância do apoio de ambos ao ataque. Outra alternativa treinada quase à exaustão é o aparecimento do "elemento surpresa" no ataque, com os avanços de um dos zagueiros - Rafael Santos ou Galeano - e também do apoio de um dos três volantes - Ângelo, Éverton e Carlinhos. Além disso, Vadão tem pedido muita troca de posições no ataque, entre Kahê e os meias Evando e, principalmente, Danilo, um dos destaques do time na competição. "O Vadão nos pediu para trocar de posições e um ajudar o outro. É muita dinâmica, mas tenho certeza que vai ajudar nosso time", confirmou Danilo. Mesmo com baixa temperatura, o coletivo foi bastante movimentado. Só foi confirmada mesmo uma mudança em relação ao time do último jogo: a volta de Rissut, que cumpriu suspensão automática, no lugar de Luciano Baiano. O time tem 23 pontos e tentará sua sexta vitória consecutiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.