Ponte Preta promete reagir em Jundiaí contra o Paulista

A Ponte Preta voltou aos treinamentos, nesta segunda-feira, depois de uma folga já programada no domingo de Carnaval. Mas a derrota, em casa, para o Sertãozinho, no sábado, deixou o técnico Sérgio Guedes em alerta. Ele promete a reabilitação contra o Paulista, na quarta, em Jundiaí, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

AE, Agencia Estado

15 de fevereiro de 2010 | 17h12

"Erramos em todos os sentidos, por isso perdemos", resumiu Guedes, ainda inconformado com a derrota para o Sertãozinho, até então, sem vencer e segurando a lanterna do Estadual.

Embora não tenha confirmado, o técnico pode promover mudanças no time. Ao invés de entrar com dois atacantes fixos, como Finazzi e Otacílio Neto, ele pode optar pela entrada de alguém mais rápido como Danilo Neco. Ele entrou no segundo tempo, jogou bem e até marcou um gol.

As lesões de joelho continuam preocupando a comissão técnica. Depois de perder o atacante Leandrinho, com nova lesão de ligamento cruzado, o zagueiro Jean terá mesmo que passar por uma cirurgia no joelho. A expectativa de sua volta é de três meses.

A derrota em casa tirou a Ponte Preta das primeiras posições, fora do G-4 - grupo dos semifinalistas. Com 14 pontos, ocupa a sexta posição do Paulistão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoPonte PretaPaulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.