Ponte Preta quer aproveitar 'embalo' para vencer o Coritiba em Campinas

Depois de acumular uma série invicta de seis jogos, com cinco vitórias e um empate, a Ponte Preta vai enfrentar o Coritiba, neste domingo, às 11 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Embalado por esta boa fase e pela vitória sobre o Palmeiras, o time campineiro espera emplacar mais uma vitória, atingir os 47 pontos e se garantir, de forma matemática, na elite na próxima temporada. No momento, tem 44 pontos, contra 33 do time paranaense, que está na zona de rebaixamento.

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2015 | 07h04

Estas situações adversas preocupam o técnico interino Felipe Moreira, que ocupou a vaga de Doriva após sua ida para o São Paulo. Após estrear com o pé direito, Moreira espera somar mais três pontos que podem ser cruciais para seu futuro. "É difícil pegar pela frente um time desesperado porque tudo pode acontecer. Seus jogadores entram em campo sabendo que não podem perder a chance de pontuar", disse o treinador.

Para segurar este desespero, ele acha que "é preciso ter muito equilíbrio, valorizando a posse de bola. Além disso, precisamos tomar muito cuidado na defesa e atacar quando tivermos chance", explicou. Mas ele não quer seu time só na defesa porque acha isso perigoso. "Nem é o estilo do nosso time. Marcamos forte e descemos em velocidade. É um estilo de jogo que não vamos mudar. Pelo contrário, será mantido", garantiu.

Outra preocupação da comissão técnica é com o desgaste físico gerado pela disputa do jogo a partir das 11 horas, mesmo começando neste domingo o horário de verão, o que seria 10 horas. "É um motivo a mais para tocarmos a bola, cadenciarmos o jogo para suportar o calor, principalmente, no segundo tempo".

Com relação ao time, porém, não há problemas. Pelo contrário, dois titulares vão voltar após cumprirem suspensão automática: o lateral-direito Rodinei e o zagueiro Ferron. Eles entram, respectivamente, nas vagas de Jefferson e Fábio Ferreira.

O time vai continuar armado da mesma maneira tática em uma formação 4-3-2-1. O trio de meio de campo vai ter Fernando Bob, Elton e Cristian, sempre apoiado por Felipe Azevedo do lado direito e Biro Biro do lado esquerdo, atacando e defendendo, com Borges sendo a referência no ataque. Os titulares foram poupados dos treinos de sexta-feira e sábado pela manhã fizeram apenas um tático.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.