Twitter / Ponte Preta
Twitter / Ponte Preta

Ponte Preta quer usar a semana livre para recuperar jogadores

Na luta para se manter dentro do G-4 da série B, equipe entrará em campo apenas na próxima sexta

Redação, Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2020 | 19h13

A Ponte Preta só volta a campo na sexta-feira, contra o Avaí, na Ressacada, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Até lá, a comissão técnica espera ter a liberação de jogadores que estão no departamento médico.

Isolado desde o último dia 29, quando testou positivo para o novo coronavírus, o atacante Zé Roberto desfalcou o time nas últimas três rodadas - contra Sampaio Corrêa, Paraná e Botafogo-SP - e é quem tem mais chances de ficar à disposição do técnico João Brigatti.

O treinador espera contar também com os meias Camilo e Vinícius Zanocelo, que estão no departamento médico após sentirem lesões musculares. O primeiro é titular absoluto, enquanto o prata da casa perdeu espaço no início da Série B do Brasileiro.

Um reforço certo é o meia João Paulo, que cumpriu suspensão automática por cartões amarelos contra o Botafogo-SP, na vitória por 1 a 0. Por outro lado, o zagueiro Luizão e o volante Darnley são desfalques. O primeiro recebeu o terceiro cartão amarelo e o outro foi expulso.

"É fundamental ter esse tempo para ir forte contra o Avaí. Com essa folga para recuperação e treinamento, vamos conseguir qualificar muito mais o elenco. Até agora não tivemos nenhum dia de treino, foi só posicionamento, assistir vídeos, e com o desgaste de viagem e jogo sobre jogo", disse Brigatti.

Na terceira colocação, com 14 pontos, a Ponte Preta ainda pode ser ultrapassada nesta segunda-feira pelo CRB, mas de qualquer forma vai terminar a rodada dentro do G-4 - zona de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.