Ponte Preta recebe o Sport para ganhar uma posição na tabela do Brasileirão

Com o objetivo de terminar a temporada com uma boa imagem diante de sua torcida, a Ponte Preta recebe o Sport, neste domingo, às 17 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, na 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. Com 51 pontos, em 10.º lugar, pode ganhar uma posição em caso de vitória, mas pode perder duas em caso de derrota.

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2015 | 06h25

Se o time campineiro vencer, pode ultrapassar o Atlético Paranaense, também com 51 pontos, em nono lugar, que vai enfrentar o Santos, na Vila Belmiro. Por outro lado, a Ponte Preta pode ser ultrapassada pelo Palmeiras, com 50 pontos, ou pelo Flamengo, com 49. Os dois se enfrentam no estádio do Maracanã, no Rio.

"Por si só, este é um motivo para nós brigarmos pela vitória", afirmou o técnico Felipe Moreira, lembrando ainda que cada posição vale R$ 100 mil reais de premiação. Terminar em 10.º lugar, por exemplo, vai representar um total de R$ 1 milhão, que pode pagar uma folha de pagamento do clube.

Felipe Moreira confirmou um time reserva para este jogo final. Apenas o lateral-esquerdo Gilson e o meia Cristian vinham atuando como titulares. Além disso, a diretoria já liberou vários jogadores que não vão ficar no clube como o volante Fernando Bob, o atacante Biro Biro e o lateral-direito Rodinei. Além do goleiro Marcelo Lomba, ainda com futuro indefinido, embora tenha vínculo com o Bahia.

Entre os novos titulares, alguns são formados na base do clube, como o volante Marcos Serrato e o meia-atacante Leandrinho, de apenas 17 anos, já cobiçado por empresários e clubes do exterior. "Todos os jogadores que vão entrar estão preparados porque vinham integrados ao grupo e sendo opções. Vários foram titulares por muitos jogos, como o volante Josimar e os atacantes Alexandro e Clayson", justificou Felipe Moreira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.