Felipe Rau / Estadão
Felipe Rau / Estadão

Ponte Preta se despede de 2019 com goleada sobre o Brasil de Pelotas

Time comandado por Gilson Kleina passou sem dificuldades pelo time gaúcho

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2019 | 22h09

A melhor atuação da Ponte Preta sob o comando de Gilson Kleina em 2019 veio justamente em uma partida que não valia nada. Nesta terça-feira, pela última rodada da Série B, o time campineiro goleou o Brasil de Pelotas, por 4 a 0, no estádio Moisés Lucarelli.

Ao encerrar o jejum de dez jogos sem vitória, a Ponte Preta chegou aos 47 pontos e subiu para a 11.ª colocação, mas ainda pode ser ultrapassada por Vitória e Guarani na conclusão da última rodada da Série B. Já o Brasil de Pelotas não ganha há seis partidas e está em 14.º lugar, com 44.

Apesar dos dois times não brigarem por mais nada, a Ponte se mostrou mais interessada do que o Brasil e marcou três gols em um espaço de sete minutos. O primeiro foi aos 14, quando Roger cruzou rasteiro e Lucas Mineiro finalizou forte. Quatro depois, Bill recebeu de Renato Cajá, deixou o goleiro no chão e ampliou.

Aos 21, Roger recebeu de Dadá e cruzou para Renato Cajá completar de dentro da pequena área. Depois disso, a Ponte tirou o pé do acelerador, mas ainda assim quase marcou o quarto em cobrança de escanteio do camisa 10.

As broncas do técnico Bolívar surtiram efeito e o Brasil voltou mais ligado do intervalo. Juba quase acertou o ângulo em cabeceio logo aos três minutos. Na sequência, Ednei cobrou falta e Bruno Aguiar cabeceou nas mãos de Ivan.

Quando o Brasil era melhor, Ednei recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Na cobrança da falta de Araos, aos 21, Leandro Leite tentou tirar de cabeça e mandou contra o próprio gol. Nos minutos finais, Maicon Assis só não fez para o time gaúcho porque a sua finalização explodiu no travessão da meta do goleiro da Ponte.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 4 X 0 BRASIL DE PELOTAS

PONTE PRETA - Ivan; Matheus Alexandre, Léo, Henrique Trevisan e Arnaldo; Camilo (Igor Maduro), Lucas Mineiro e Renato Cajá (Araos); Dadá (João Carlos), Roger e Bill. Técnico: Gilson Kleina.

BRASIL DE PELOTAS - Carlos Eduardo; Ednei, Bruno Aguiar, Nirley e Willian Formiga; Leandro Leite, Carlos Jatobá, Murilo Rangel (Maicon Assis), Ari Moura (Cristian) e Juba (Ricardo Luz); Guilherme Queiroz. Técnico: Bolívar.

GOLS - Lucas Mineiro, aos 14, Bill, aos 18, e Renato Cajá, aos 21 minutos do primeiro tempo; Leandro Leite (contra), aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Charly Wendy Straub Deretti (SC).

CARTÕES AMARELOS - Roger, Matheus Alexandre e Camilo (Ponte Preta); Leandro Leite, Willian Formiga e Ednei (Brasil).

CARTÃO VERMELHO - Ednei (Brasil).

RENDA - R$ 17.405,00.

PÚBLICO - 1.569 pagantes (1.725 total).

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.