Felipe Rau / Estadão
Felipe Rau / Estadão

Ponte Preta se despede de 2019 com goleada sobre o Brasil de Pelotas

Time comandado por Gilson Kleina passou sem dificuldades pelo time gaúcho

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2019 | 22h09

A melhor atuação da Ponte Preta sob o comando de Gilson Kleina em 2019 veio justamente em uma partida que não valia nada. Nesta terça-feira, pela última rodada da Série B, o time campineiro goleou o Brasil de Pelotas, por 4 a 0, no estádio Moisés Lucarelli.

Ao encerrar o jejum de dez jogos sem vitória, a Ponte Preta chegou aos 47 pontos e subiu para a 11.ª colocação, mas ainda pode ser ultrapassada por Vitória e Guarani na conclusão da última rodada da Série B. Já o Brasil de Pelotas não ganha há seis partidas e está em 14.º lugar, com 44.

Apesar dos dois times não brigarem por mais nada, a Ponte se mostrou mais interessada do que o Brasil e marcou três gols em um espaço de sete minutos. O primeiro foi aos 14, quando Roger cruzou rasteiro e Lucas Mineiro finalizou forte. Quatro depois, Bill recebeu de Renato Cajá, deixou o goleiro no chão e ampliou.

Aos 21, Roger recebeu de Dadá e cruzou para Renato Cajá completar de dentro da pequena área. Depois disso, a Ponte tirou o pé do acelerador, mas ainda assim quase marcou o quarto em cobrança de escanteio do camisa 10.

As broncas do técnico Bolívar surtiram efeito e o Brasil voltou mais ligado do intervalo. Juba quase acertou o ângulo em cabeceio logo aos três minutos. Na sequência, Ednei cobrou falta e Bruno Aguiar cabeceou nas mãos de Ivan.

Quando o Brasil era melhor, Ednei recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Na cobrança da falta de Araos, aos 21, Leandro Leite tentou tirar de cabeça e mandou contra o próprio gol. Nos minutos finais, Maicon Assis só não fez para o time gaúcho porque a sua finalização explodiu no travessão da meta do goleiro da Ponte.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 4 X 0 BRASIL DE PELOTAS

PONTE PRETA - Ivan; Matheus Alexandre, Léo, Henrique Trevisan e Arnaldo; Camilo (Igor Maduro), Lucas Mineiro e Renato Cajá (Araos); Dadá (João Carlos), Roger e Bill. Técnico: Gilson Kleina.

BRASIL DE PELOTAS - Carlos Eduardo; Ednei, Bruno Aguiar, Nirley e Willian Formiga; Leandro Leite, Carlos Jatobá, Murilo Rangel (Maicon Assis), Ari Moura (Cristian) e Juba (Ricardo Luz); Guilherme Queiroz. Técnico: Bolívar.

GOLS - Lucas Mineiro, aos 14, Bill, aos 18, e Renato Cajá, aos 21 minutos do primeiro tempo; Leandro Leite (contra), aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Charly Wendy Straub Deretti (SC).

CARTÕES AMARELOS - Roger, Matheus Alexandre e Camilo (Ponte Preta); Leandro Leite, Willian Formiga e Ednei (Brasil).

CARTÃO VERMELHO - Ednei (Brasil).

RENDA - R$ 17.405,00.

PÚBLICO - 1.569 pagantes (1.725 total).

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.