Álvaro Jr./ PontePress
Álvaro Jr./ PontePress

Ponte Preta se despede do Moisés Lucarelli na temporada com vitória sobre o CRB

Equipe campineira não tem mais possibilidade de acesso à Série A

Redação, Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2021 | 21h07

Apesar de não ter mais chances de acesso desde a rodada passada, a Ponte Preta fez seu último jogo em casa no Campeonato Brasileiro da Série B de 2020 e conquistou um bom resultado. Neste domingo, o time de Campinas (SP) recebeu e venceu o CRB pelo placar de 3 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, pela 37.ª e penúltima rodada. Bruno Rodrigues marcou dois gols e Guilherme Pato completou para os alvinegros, enquanto que Luiz Paulo diminuiu para os alagoanos.

Com a vitória, a Ponte Preta chega aos 54 pontos e fica na oitava colocação. Quatro pontos distantes do Juventude, que é o primeiro time dentro do G-4. Já o CRB vem em 10.º lugar com 49, com duas derrotas nos dois últimos jogos fora de casa. Mas com uma goleada por 5 a 1 em cima do Figueirense no meio do caminho.

A partida começou bastante movimentada, com os dois times buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário. Apesar do CRB ter criado a primeira boa chance em um chute de fora da área de Régis Tosatti, foi a Ponte Preta que abriu o placar. Aos 26 minutos, Camilo cobrou escanteio na área e Dawhan cabeceou no travessão. No rebote, a bola ficou viva e encontrou Barreto que só escorou para Bruno Rodrigues mandar para o fundo das redes.

O próprio atacante marcou o segundo gol dos donos da casa aos 43 minutos. Apodi desceu pela direita e cruzou na medida para Bruno Rodrigues, que apareceu entre os zagueiros e desviou de cabeça para o gol, sem chances para o goleiro Georgemy. Nos minutos finais, o CRB até tentou responder, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória da Ponte Preta pelo placar de 2 a 0.

Na volta do intervalo, o ritmo da partida caiu um pouco, mas mesmo assim foi a Ponte Preta que seguiu criando as melhores chances, enquanto que o CRB tentava responder em contra-ataques rápidos. O terceiro gol dos donos da casa saiu aos 16 minutos, desta vez dos pés de Guilherme Pato. O jovem atacante tabelou com Matheus Peixoto e bateu na saída do goleiro, mandando a bola no cantinho.

A partir daí, o CRB teve mais liberdade, já que a Ponte Preta diminuiu ainda mais a intensidade por conta da vantagem no placar. Tanto que o time alagoano chegou ao gol de honra aos 28 minutos. Daniel Amorim recebeu um lançamento e ajeitou para Luiz Paulo, que pegou de primeira e mandou para à rede, sem chances para Ygor Vinhas, que até pulou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

Na sequência, os dois técnicos aproveitaram para fazer algumas substituições nas equipes. Por isso, o duelo terminou com a vitória da Ponte Preta por 3 a 1.

Os dois times se despedem do campeonato na próxima sexta-feira, quando será disputada a 38.ª e última rodada de forma completa às 21h30. A Ponte Preta visita o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e o CRB recebe o Cuiabá, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 3 x 1 CRB

PONTE PRETA - Ygor Vinhas; Apodi, Rayan, Ruan Renato e Yuri; Barreto (Léo), Dawhan (Igor Maduro) e Camilo (Bruno Reis); Guilherme Pato, Matheus Peixoto (Thiago Orobó) e Bruno Rodrigues (Pedrinho). Técnico: Fábio Moreno.

CRB - Georgemy (Pedro Henrique); Reginaldo, Thalisson Kelven, Ewertonn Páscoa e Igor; Olívio (Robinho), Carlos Jatobá (Reginaldo Júnior), Régis Tossatti (Darlisson) e Diego Torres; Pablo Dyego (Luiz Paulo) e Daniel Amorim. Técnico: Roberto Fernandes.

GOLS - Bruno Rodrigues, aos 26 e aos 43 minutos do primeiro tempo; Guilherme Pato, aos 16, e Luiz Paulo, aos 28 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Dawhan (Ponte Preta) e Thalisson Kelven (CRB).

ÁRBITRO - Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.