Ponte Preta se reapresenta e confirma cirurgia em Felipe Azevedo

Após três dias de folga, o elenco da Ponte Preta voltou aos treinamentos na tarde desta quarta-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Oitavo colocado do Brasileirão, com 50 pontos, o time campineiro está a quatro do Santos, primeiro do G4. Enquanto sonha com a Libertadores, a comissão técnica já sabe que não vai contar com o atacante Felipe Azevedo.

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2015 | 20h49

Atingido por um chute no rosto na partida diante do Joinville, há duas rodadas, o atacante irá passar por cirurgia no lado direito da face na manhã dessa quinta-feira no Hospital Celso Pierro da PUC Campinas. Assim, ficará em repouso e não atuará mais no Brasileirão deste ano. Ele só deve voltar aos treinos com bola no início de janeiro.

DESCANSO RELATIVO - O técnico Felipe Moreira garante que o descanso foi válido apenas para os jogadores, já que usou o período sem treinos para analisar jogos e adversários na reta final do Brasileiro. Principalmente diante da possibilidade de classificação do time à Libertadores de 2016.

"Aproveitamos bem esses dias de folga para descansar, mas é difícil desligar totalmente. Você fica vendo jogos e pensando nos adversários, ainda mais com a fase que o time vive atualmente. Agora já temos que iniciar os trabalhos da semana pensando no Figueirense", disse Felipe em entrevista coletiva.

Do mesmo jeito que ganhou um tempo maior de descanso, o elenco terá mais dias para se preparar visando o confronto contra o Figueirense, na quarta-feira da próxima semana. Até lá o treinador esperar corrigir falhas e transmitir aos atletas as características do adversário. O objetivo é buscar a reabilitação da derrota para o Internacional, por 1 a 0, no Beira Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.