Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Ponte Preta só vai voltar aos treinos após apresentação de Gilson Kleina

Técnico volta ao clube após passagens por vários clubes

Estadão Conteúdo

22 de março de 2017 | 20h38

Como na Ponte Preta tudo é literalmente preto no branco, somente nesta quinta-feira à tarde é que os jogadores voltam aos treinamentos, e sob o comando do novo técnico, Gilson Kleina. Só mesmo após a assinatura de contrato é que a diretoria vai confirmar o acordo verbal firmado com o técnico que rescindiu o vínculo com o Goiás na última terça-feira.

Em princípio, o contrato dele vai ter a duração de um ano, com valores desconhecidos. Seria algo em torno de R$ 150 mil de salários. A apresentação vai ocorrer no estádio Moisés Lucarelli uma hora antes do treino previsto pra as 15h30.

Kleina é o técnico que mais dirigiu o time na "Era Carnielli", patrono do clube desde 1997. Entre a temporada 2011 e 2012 ele dirigiu a Ponte Preta por 115 vezes. Agora volta ao clube para substituir o jovem Felipe Moreira, que trabalhou durante cinco jogos no Campeonato Paulista e três na Copa do Brasil. Moreira deixou o cargo após ser eliminado da competição nacional nos pênaltis para o Cuiabá.

Nos últimos quatro jogos, a Ponte Preta foi dirigida pelo auxiliar técnico fixo do clube, João Brigatti. Agora ficará nas mãos de Kleina para o próximo jogo, contra o São Bento, domingo, às 18h30, na cidade de Sorocaba. E com a missão de manter a briga por uma vaga nas quartas de final através do Grupo D, onde soma 16 pontos.

Ninguém sabe se o novo comandante vai mudar o time, mas o certo é que ele não poderá contar com o atacante William Pottker, suspenso com três cartões amarelos. Ele é um dos artilheiros do time com seis gols ao lado de Lucca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaGilson Kleina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.