PontePress/FábioLeoni
PontePress/FábioLeoni

Ponte Preta supera o Boa e mantém vivo o sonho do acesso na Série B

Renan Fonseca, aos 29 minutos do segundo tempo, fez o único gol do jogo

Estadão Conteúdo

06 Novembro 2018 | 22h46

A Ponte Preta continua viva na luta por uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta terça-feira, o time alvinegro não fez uma boa partida, mas venceu o lanterna Boa por 1 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 35.ª rodada.

Ainda sem perder sob o comando do técnico Gilson Kleina - agora são cinco vitórias e um empate -, a Ponte Preta subiu para a sexta colocação com 53 pontos, quatro a menos que o Avaí, o primeiro do G4 - a zona de acesso. Por outro lado, o Boa perdeu a terceira seguida e segue com 29.

A postura ofensiva do Boa surpreendeu a Ponte Preta, que não conseguiu jogar no primeiro tempo e só criou uma boa oportunidade com André Luis em chute rasteiro para fora. Já o time mineiro levou perigo pelo menos três vezes e ainda teve um gol anulado nos acréscimos, quando Caíque em posição irregular desviou a falta cobrada por Machado.

A Ponte Preta voltou do intervalo em busca da vitória, mas viu o Boa perder uma chance incrível com Hélder. Depois disso, o time campineiro tomou conta do campo de ataque até abrir o placar aos 29 minutos. Danilo Barcelos cobrou falta e Renan Fonseca cabeceou no cantinho de Darley, que ainda tocou na bola.

O resultado era péssimo o Boa, que parecia não ter mais forças para reagir. Nos minutos finais, ainda esboçou uma pressão, mas a Ponte Preta conseguiu se defender e assegurar a vitória.

Os dois times voltam a campo nesta sexta-feira, às 20h30, pela 36.ª e antepenúltima rodada. A Ponte Preta enfrenta o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), enquanto que o Boa recebe o Brasil, de Pelotas (RS), no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 x 0 BOA

PONTE PRETA - Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; João Vitor (Nathan), Lucas Mineiro, Tiago Real e Matheus Vargas (Victor Rangel); André Luis e Hyuri (Roberto). Técnico: Gilson Kleina.

BOA - Darley; Hélder, Caíque, Luan e Alyson; Cloves (Aldo), Machado, Bruno Tubarão e Thallyson; Daniel Cruz e William Barbio. Técnico: Tuca Guimarães.

GOL - Renan Fonseca, aos 29 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lucas Mineiro, André Luis e João Vitor (Ponte Preta); Caíque, Thallyson, Alyson, Hélder, Bruno Tubarão e Machado (Boa).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ).

RENDA - R$ 51.860,00.

PÚBLICO - 4.588 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.