Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Rodrigo Ceregatti/Ponte Press
Rodrigo Ceregatti/Ponte Press

Ponte Preta supera o Ituano e complica Santos no Grupo D do Paulistão

Equipe de Campinas deixa time da Vila Belmiro ainda mais longe de vaga na próxima fase do Campeonato Paulista

Estadão Conteúdo

05 de março de 2017 | 21h18

A Ponte Preta conseguiu assumir a liderança do Grupo D do Campeonato Paulista. Na noite deste domingo, mesmo sem técnico após a demissão de Felipe Moreira, o time campineiro ganhou do Ituano por 1 a 0, no estádio Novelli Júnior, em Itu, pela nona rodada. Lucca foi o autor do único gol da partida, aos 40 minutos do segundo tempo.

A vitória levou a Ponte aos 14 pontos e complicou a vida do Santos, que é o terceiro, com dez, atrás do Mirassol, com 13. O Ituano, por sua vez, chegou ao quarto jogo sem vitória e sem marcar gol, ficando na lanterna do Grupo A, com oito pontos.

Pelos dez minutos iniciais, os times deram a entender que fariam uma partida acelerada e de muitos gols. A Ponte Preta encontrou espaço e criou duas grandes oportunidades. Aos poucos, o Ituano conseguiu equilibrar as ações, segurar as avançadas do time campineiro pelas laterais, e ainda chegar ao ataque. Claudinho testou duas vezes em chutes de fora da área, mas errou o alvo.

O segundo tempo foi acelerado, com boas chances criadas pelos dois lados e lances ríspidos. Num deles, o Ituano acabou ficando com um a menos após entradas violenta, por trás, de Morato em cima de Matheus Jesus. Com a vantagem numérica a partir dos seis minutos, a Ponte Preta passou a jogar em cima do adversário.

Debaixo de muita chuva, os dois treinadores colocaram mais atacantes em campo, buscando uma chegada para decidir o jogo. Mas o Ituano cansou, ficou acuado e só deu Ponte Preta no ataque. O gol estava maduro. Ele saiu aos 40 minutos, num cruzamento pelo alto. Após levantamento de Nino Paraíba, o meia Lucca se colocou entre os zagueiros e testou para o fundo das redes.

No desespero, o Ituano ainda tentou o empate. Mas abriu a defesa e deixou a Ponte Preta com amplas chances para ampliar. Poderia ter feito mais dois ou três gols nestes poucos minutos.

Os dois times terão uma semana cheia para trabalhar. A Ponte Preta recebe o Corinthians, no domingo, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Na segunda-feira, dia 13, O Ituano encara o Mirassol, às 20 horas, no estádio José de Campos Maia.

FICHA TÉCNICA

ITUANO 0 x 1 PONTE PRETA

ITUANO - Fábio; Arnaldo, Naylhor, Lima e Peri; Guly, Morato e Romarinho (Igor); Walfrido, Nena (Lucas Crispim) e Claudinho (Bassani). Técnico: Tarcísio Pugliese.

PONTE PRETA - Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Artur (Jeferson); Naldo, Matheus Jesus e Ravanelli (Lins); Clayson (Matheus Cassini), Pottker e Lucca. Técnico: João Brigatti.

GOL - Lucca, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - José Claudio Rocha.

CARTÕES AMARELOS - Naylhor e Peri (Ituano); Naldo, Ravanelli, Willian Pottker e Clayson (Ponte Preta).

CARTÃO VERMELHO - Morato (Ituano).

RENDA - R$ 33.930,00.

PÚBLICO - 1.347 pagantes.

LOCAL - Estádio Novelli Junior, em Itu (SP).

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.