Ponte Preta tem 4 desfalques para enfrentar Criciúma

Sem vencer há três jogos, a Ponte Preta tenta acabar com o jejum neste domingo, contra o Criciúma, às 18h30, no Estádio Moisés Lucarelli, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Paulo César Carpegiani, porém, tem vários problemas.

AE, Agência Estado

09 de agosto de 2013 | 18h40

O lateral-direito Luís Advíncula e o meia Ramírez foram convocados para defender a seleção peruana e estão de fora, assim como os volantes Baraka, suspenso pelo terceiro amarelo, e Fernando Bob, vetado com uma torção no tornozelo. Por outro lado, o zagueiro Ferron retorna após cumprir suspensão automática.

O sistema defensivo sofrerá duas mudanças. César e Gustavo voltam para o banco de reservas e Uendel reassume a vaga na lateral-esquerda. Diego Sacoman, que atuou improvisado no setor contra o Vasco, vai ser o companheiro de Ferron. Baraka e Ramírez serão substituídos por Magal e Giovanni, respectivamente. O problema está na posição de segundo volante. Fernando e Paulo Roberto já foram testados e não agradaram, mas são as únicas opções de momento.

Uma das soluções para substituir Fernando Bob seria Ferrugem, mas o volante se recuperou recentemente de uma grave fratura no tornozelo, que o deixou afastado dos gramados por cinco meses, e vai ficar no banco de reservas.

Beirando a zona de rebaixamento, a Ponte se encontra na 15ª colocação, com 12 pontos e um jogo a menos que a maioria dos outros times, pois o confronto contra o Atlético-MG, pela oitava rodada, foi adiado. A nova data ainda não está definida pela CBF.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Pretadesfalques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.