Ponte Preta/Divulgação
Ponte Preta/Divulgação

Ponte Preta tem dúvidas no meio-campo para enfrentar o Grêmio

Vagas disputadas por Wendel, Naldo, Jadson e Elton devem ter dois homens de marcação

Estadao Conteudo

14 de julho de 2017 | 19h30

Com os portões fechados e num clima pesado pela má fase, a Ponte Preta praticamente encerrou os preparativos para o jogo contra o Grêmio, domingo à tarde, em Porto Alegre (RS), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se ninguém tem dúvidas sobre as voltas do zagueiro Rodrigo e do meia Renato Cajá, que cumpriram suspensão, ainda existe dúvidas no meio-campo.

Os dois suspensos não participaram da derrota em Campinas para o Bahia, por 3 a 0, que deixou o time paulista com apenas 15 pontos e ocupa a perigosa 15ª posição. Há quatro jogos sem vencer, é preciso voltar a pontuar, mesmo fora de casa. Rodrigo entra na vaga de Kadu, enquanto Cajá ocupará o lugar de Claudinho.

Se o volante Fernando Bob está garantido, as outras duas vagas devem ter dois homens de marcação. Elas são disputadas por Wendel, Naldo, Jadson e Elton. É possível que o técnico Gilson Kleina aposte na volta do tripé que se deu bem no Campeonato Paulista - Bob, Elton e Jadson - com Cajá tendo mais liberdade para encostar nos dois atacantes: Lucca e Emerson Sheik.

Kleina já admitiu que o time "atravessa seu pior momento na competição" e o experiente Emerson Sheik garantiu que o "grupo está unido em busca da reabilitação". Estas palavras perderão efeito se o time perder de novo, correndo o risco, inclusive, de entrar na zona do rebaixamento pela primeira vez.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.