Marcio Fernandes
Marcio Fernandes

Ponte Preta tenta contratar dois atacantes nesta terça

No último dia para inscrições no Campeonato Paulista, time de Campinas quer reforçar o ataque

Estadão Conteúdo

09 de fevereiro de 2015 | 21h04

Com o fim do prazo para contratações do Campeonato Paulista nesta terça-feira, a direção da Ponte Preta corre contra o tempo para anunciar dois atacantes. O gerente de futebol, Gustavo Bueno, mantém os nomes em sigilo, mas deu a dica de que são jogadores que atuaram a última temporada fora do País. Um deles deve ser o meia-atacante Fágner, revelado pelo Sport e com passagem pelo Salgueiro-PE. Ele atua pelo Busan, da Coreia do Sul, desde 2011.O jogador teria sido indicado por um diretor e avalizado pelo técnico Guto Ferreira, acostumado a trabalhar com jogadores jovens e de potencial. "Não há como investir em grandes nomes, porque não existe receita", argumentou o gerente de futebol. O outro nome não "escapou" nos corredores do Majestoso.

Ainda fazendo ajustes no time, o técnico Guto Ferreira ganhou mais uma opção para a partida contra o Marília na próxima quinta-feira, em Campinas. Lesionado durante a pré-temporada, o meia Adrianinho participou bem do jogo-treino diante do SEV Hortolândia, nesta tarde, e mostrou que já tem condições de atuar.

Ídolo da torcida, Adrianinho se revezava na posição com Renato Cajá na Série B do Campeonato Brasileiro, mas ficou marcado por perder um gol que poderia render o título da competição na última partida contra o Náutico. 

No jogo-treino desta segunda-feira, outra boa novidade entre os reservas que foram a campo foi a presença do goleiro Marcelo Lomba, uma das principais contratações do clube para a temporada. Ele, porém, deixou a partida com um corte na virilha após uma dividida com um atacante adversário.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaFágner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.