Fabio Leoni/PontePress
Fabio Leoni/PontePress

Ponte Preta terá Emerson Sheik, Wendel e Fernando Bob contra o Avaí

Três jogadores voltam à equipe no jogo deste domingo, pelo Brasileirão

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2017 | 19h26

Diferente da rotina após jogos, quando faz apenas treinos regenerativos, os jogadores da Ponte Preta participaram de uma movimentação com bola nesta sexta-feira. O atacante Emerson Sheik treinou normalmente, o mesmo ocorrendo com o volante Wendel - ambos foram poupados. Além do volante Fernando Bob, que cumpriu suspensão automática. Todos devem voltar ao time contra o Avaí, neste domingo, às 19 horas, em Campinas (SP), pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Veja os gols da derrota da Ponte Preta para o Palmeiras

Este jogo é encarado "como de seis pontos" na luta contra o rebaixamento, como mostram os números. A Ponte Preta está há duas rodadas no bloco debaixo da tabela de classificação com 32 pontos, em 17.º lugar. O time de Santa Catarina é vice-lanterna, com 31.

Diante desta situação, a comissão técnica gastou a conversa com o elenco, tentando transmitir ao grupo que a derrota para o Palmeiras por 2 a 0, na última quinta-feira, em São Paulo, já é passado. Agora todos precisam estar focados no jogo contra o Avaí. "É uma decisão para nós e vamos trabalhar para vencer", repetiu várias vezes o gerente de futebol, Gustavo Bueno.

Além dos três jogadores que voltam ao time, o meia Renato Cajá também fica à disposição. Ele participou durante parte do jogo em São Paulo e recebeu elogios do técnico Eduardo Baptista. O experiente zagueiro Rodrigo também foi elogiado e deve ser mantido no lugar de Luan Peres. "O Rodrigo foi bem tecnicamente, além de ser um líder nato. Agora é o momento dos jogadores experientes puxarem o time para cima", afirmou o treinador.

Mas a definição do time só deve acontecer mesmo momentos antes do jogo. Está prevista uma movimentação técnica e tática neste sábado, em princípio com portões fechados. A volta de Emerson Sheik no ataque é dada como certa na vaga de Claudinho, enquanto que o tripé de volantes deve ter Elton, Wendel e Fernando Bob. Desta forma, Jadson, Jean Patrick e Naldo ficariam no banco de reservas. Pelo menos, não faltam opções para definir os 11 titulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.