Ponte Preta testa João Carlos e Wellington Tanque em treino

Jogadores são os último inscritos de Guto Ferreira para o estadual; sábado, a equipe de Campinas recebe o Red Bull Brasil, às 21h

Estadão Conteúdo

25 de fevereiro de 2015 | 19h29

O técnico Guto Ferreira está aproveitando a semana livre para treinamentos para fazer muitos testes na Ponte Preta. Nos trabalhos desta quarta-feira, o treinador mandou o time a campo com duas surpresas: o goleiro João Carlos e o atacante Wellington Tanque. Os dois devem ser as principais novidades para o duelo contra o Red Bull Brasil, no sábado, em Campinas, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

O fato curioso é que os dois jogadores foram dois dos últimos a serem inscritos pelo clube campineiro no Paulistão. João Carlos, aliás, só foi registrado por conta da lesão de Marcelo Lomba, que fraturou uma costela. Ele treinou no lugar de Matheus, que vem sendo o titular.

Wellington Tanque, por sua vez, assumiu a vaga de um dos jogadores mais criticados da Ponte, Fábio Santos. Em seis jogos como titular, ele não fez gol algum. Curiosamente, ele balançou as redes defendendo os reservas no treino desta quarta.

Garantido entre os titulares, após marcar um dos gols da vitória sobre o São Bernardo, por 2 a 0, o atacante Biro Biro destacou o espírito de coletividade do grupo. "É um querendo ajudar o outro a conquistar algo a mais na carreira. E quem ganha com isso é a Ponte Preta", destacou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Pretacampeonato paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.