Ponte Preta vai negociar revelação Alef com o futebol francês

Presidente Márcio Della Volpe confirmou nesta segunda-feira que jovem volante de 19 anos já tem tudo acertado com clube da França

Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2014 | 20h05

O presidente em exercício da Ponte Preta, Márcio Della Volpe, confirmou nesta segunda-feira que o garoto Alef está sendo negociado com um clube francês. O nome do clube, bem como os valores da negociação não foram divulgados. Ele nem atuou na vitória sobre o Bragantino, por 1 a 0, sexta-feira, pela 15.ª rodada da Série B. "Realmente há a negociação, mas o Alef só não jogou porque estava com um contusão no pé", garantiu o dirigente.

Natural de Nova Odessa, na região metropolitana de Campinas, Alef, de 19 anos, foi revelado na própria base da Ponte Preta. O volante foi profissionalizado em 2013 e, desde então, tem alternado jogos como titular e reserva. No total, foram 43 partidas desde o ano passado.

Nesta segunda-feira, a Ponte Preta completou 114 anos, mas quem comemorou de verdade foi o técnico do clube, Guto Ferreira. Contratado no final do último mês, o treinador terá pela primeira vez, desde que chegou, uma semana inteira para trabalhar com o grupo e montar o time que enfrenta o Joinville no estádio Moisés Lucarelli, na próxima sexta-feira, às 21 horas.

Agora oficialmente registrado junto a CBF, meia Renato Cajá, principal contratação da Ponte Preta para a temporada, poderá, enfim, fazer a sua estreia. O único desfalque é o volante Juninho, suspenso, que ainda não tem substituto definido.

"É muito bom ter a semana inteira para trabalhar, porque eu posso dar ritmo aos atletas e ao mesmo tempo fazer treinos mais específicos junto com toda a comissão técnica. O Cajá está bem fisicamente e deve jogar na sexta-feira", disse Guto Ferreira.

Com a vitória sobre o Bragantino na última sexta-feira, a Ponte Preta subiu para a décima posição, com 22 pontos. O Joinville, seu próximo adversário, é o primeiro dentro do G4, com 26 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Pretasérie b

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.