Ponte Preta vai se defender no 3-5-2

A Ponte Preta vai atacar ou vai se defender contra o São Paulo, terça-feira à noite, no Morumbi, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro? O técnico Estevam Soares até concorda que nenhum time pode abrir mão de atacar, mas inicialmente ele deve adotar um esquema defensivo, com a entrada de Thiago Matias na defesa para formar o esquema tático 3-5-3, com três zagueiros.Esta foi a alternativa produtiva testada no coletivo realizado neste domingo cedo, no gramado do Majestoso. Matias entrou na vaga do volante Everton, suspenso com três cartões amarelos, e rendeu bem ao lado do experiente Galeano e do ex-santista Preto. O meio-de- campo terá o volante Ângelo na frente da defesa como um "cão de guarda", além dos meias Danilo e Élson, que volta após cumprir suspensão automática.No ataque, a dupla formada por Evando e Tico será mantida, o que não acontecia com o antigo esquema 4-5-1. É por este motivo que Estevam Soares acha que o time "ficará mais equilibrado" no 3-5-2, com força na defesa e capacidade de criação quando tiver a bola nos pés. Mesmo tendo sido decisivo na vitória de 3 a 2 sobre o Juventude, quando marcou o gol da vitória, o meia Piá deve ser opção na reserva, mesmo porque ainda não suporta o ritmo de um jogo completo.O time fará apenas um recreativo nesta segunda-feira cedo e depois do almoço seguirá para a concentração, em São Paulo. Com 41 pontos, a Ponte Preta ocupa a nona posição.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2005 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.