Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ponte Preta vence Atlético-MG e é líder

A Ponte Preta assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Atlético-MG, neste sábado, por 2 a 1, no Estádio Independência, na abertura da quarta rodada da competição. O time de Campinas chegou aos 10 pontos e ultrapassou o Figueirense, que tem nove e neste domingo enfrenta o Vitória, em Salvador. Por outro lado, a equipe comandada pelo técnico Paulo Bonamigo continua sem vencer no campeonato e sofreu a sua primeira derrota, complicando a situação na tabela. O time mineiro continua com três pontos, na 17ª posição. O Atlético até que iniciou o jogo dando a impressão de que estava determinado a conquistar sua primeira vitória. O atacante Quirino levou perigo ao gol de Lauro em duas cabeçadas e o armador Renato desperdiçou uma oportunidade na entrada da área. Mas aos 17 minutos, na primeira vez que o time dirigido pelo técnico Estevam Soares foi ao ataque, o atacante Weldon aproveitou a falha do zagueiro Adriano, invadiu a área pela esquerda e tocou com tranqüilidade na saída do goleiro Eduardo, fazendo 1 a 0. O Atlético foi atrás do empate, mas faltava força e pontaria aos seus atacantes. Em compensação, sobrava espaços no campo para Weldon, que continuou dando muito trabalho aos zagueiros adversários. Aos 40 minutos, os jogadores e a comissão técnica da equipe de Campinas pediram pênalti em nova jogada de velocidade do atacante, num lance com Adriano. Apesar dos protestos, o árbitro Heber Roberto Lopes assinalou tiro-de-meta na jogada. A história se repetiu na etapa final. O time mineiro criou duas grandes chances de marcar com Alex Mineiro. Aos dois minutos, o atacante acertou a trave do gol adversário e, aos 14, por pouco não empata o jogo em uma cabeçada. Novamente, a Ponte, que voltou para o segundo tempo bastante recuada, foi eficiente quando decidiu ir ao ataque. Aos 16 minutos, o meio-campista Vânder marcou o segundo gol, concluindo na entrada da pequena área, sem chances para Eduardo. Oito minutos depois, o Atlético conseguiu diminuir num lance de bola parada. O estreante lateral-esquerdo Marquinhos cobrou com perfeição uma falta da intermediária, acertando o ângulo esquerdo de Lauro, que nem se mexeu. Apesar do gol, a equipe mineira não conseguiu reagir e a Ponte administrou a vantagem, garantindo os três pontos fora de casa. Os jogadores atleticanos deixaram o gramado debaixo de um coro de "timinho" ecoado pelos torcedores, que compareceram ao Independência enquanto os atletas da Ponte comemoravam o resultado. "Somos um grupo forte e muito unido e vamos lutar para dar seqüência a esses resultados", disse Marcus Vinícius.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.