Ponte Preta vence e afunda São Bernardo na lanterna

A Ponte Preta comprovou a sua fama de visitante indesejável e conquistou mais um importante resultado na noite deste domingo, ao vencer o São Bernardo por 1 a 0, no Estádio 1.º de Maio, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Em quatro jogos fora de casa, foram três vitórias e apenas uma derrota, na estreia, para o Mirassol.

AE, Agência Estado

13 de fevereiro de 2011 | 21h54

Pelo lado do São Bernardo, o técnico Estevam Soares não teve a estreia que esperava no time do ABC, que segue sem vencer desde a primeira rodada e se encontra na lanterna do Paulistão, com apenas cinco pontos. Por outro lado, o time campineiro chegou aos 12, ficando em oitavo lugar.

A Ponte Preta nem deu tempo para o São Bernardo entrar no jogo e já abriu o placar logo no primeiro minuto. Márcio Diogo fez boa jogada individual e tocou rasteiro para Rômulo, que dominou e acertou o ângulo de Marcelo Pitol.

Depois disso, o time da casa partiu para cima e apostava nas bolas aéreas. No final do primeiro tempo, Leandro Camilo cabeceou para o gol, mas Leandro Silva salvou em cima da linha, mantendo a vantagem alvinegra.

Preocupando-se apenas em se defender, a Ponte Preta chamou o São Bernardo, que, pressionado pela torcida, partiu para o ataque e criou boas chances de gol. Na melhor delas, Danielzinho deixou Ferron para trás e bateu para boa defesa de Bruno. No entanto, o time da casa não conseguiu furar o bloqueio e acumulou mais uma derrota no estadual.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 18h30, pela nona rodada do Paulistão. O São Bernardo terá pela frente o Noroeste, no Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. Enquanto isso, a Ponte Preta recebe o Botafogo no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

São Bernardo 0 x 1 Ponte Preta

São Bernardo - Marcelo Pitol; Régis (Nenê), Leandro Camilo, Amarildo e Reinaldo (Romarinho); Lucas, Dirceu, Guto (Henrique) e Júnior Xuxa; Nena e Danielzinho. Técnico - Estevam Soares.

Ponte Preta - Bruno; Eduardo Arroz, Leandro Silva, Ferron e Uendel; Lucas, Josimar, Gil e Márcio Diogo (Éverton Santos); Rômulo (Tiago Luís) e Ricardinho (Renan). Técnico - Gilson Kleina.

Gol - Rômulo, a 1 minuto do primeiro tempo.

Árbitro - Robinson José Andréa de Góes.

Cartões amarelos - Guto e Josimar.

Renda - R$ 119.300,00.

Público - 11.367,00 pagantes.

Local - Estádio 1.º de Maio, em São Bernardo do Campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.