Ponte Preta vence Juventude no sufoco

A Ponte Preta conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro ao superar o Juventude, por 1 a 0, neste domingo à tarde, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. É o quarto ponto já conquistado pelos campineiros, enquanto os gaúchos permanecem com apenas um ponto. O campo encharcado prejudicou a qualidade técnica da partida. A Ponte abriu o placar no primeiro tempo e depois sofreu muito para manter o importante resultado, muito comemorado pelo técnico Abel Braga: "O que vale é a vitória", resumiu, lembrando ainda que o time está invicto há oito jogos.O único gol do jogo foi marcado pelo artilheiro Sérgio Alves aos 19 minutos, depois de uma boa jogada pelo lado direito do ataque. A bola sobrou para o atacante que mandou a bola no travessão. Na volta ele completou para as redes. A Ponte não teve outras chances claras, mesmo porque precisou se preocupar muito com a boa movimentação do adversário.No intervalo, Abel Braga tirou Luizinho Vieira para a entrada de Ângelo, com a intenção de reforçar a marcação no meio-campo e liberar Adrianinho para encostar nos atacantes. Mas o time perdeu o controle do jogo e sofreu um verdadeiro sufoco do Juventude, que até mereceu o empate. Sua melhor chance foi de Marcelo, que mandou a bola no travessão aos 22 minutos. No mais, o campo ajudou para os estourões dos zagueiros, que garantiram a vitória. "O resultado foi injusto pelo volume de jogo do nosso time", lamentou Cristovão Borges, técnico do Juventude. A Ponte fará sua terceira partida contra o Cruzeiro, dia 13, no Mineirão. O Juventude tentará a reabilitação em casa contra o Coritiba.Ficha TécnicaPonte Preta - Alexandre Negri; Mantena, Gabriel, Luis Carlos e Alan; Roberto, Vaguinho (Lucas), Adrianinho e Luizinho Vieira (Ângelo); Sérgio Alves e Jean (Riva). Técnico: Abel Braga.Juventude-RS - Maurício; Renato, Filipe Alvim e Dante; Mineiro, Dionattan, Evandro, Marcelo e Rafael (Geufer); Michel e Hugo.Técnico: Cristovão BorgesGol: Sérgio Alves aos 19 minutos do 1º tempo.Árbitro: Jorge Fernando Rabello (RJ).Cartão amarelo: Roberto, Alan, Mineiro, Rafael, e Evandro.Local: Estádio Moisés Lucarelli (Campinas/SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.