Ponte Preta vence o Avaí em casa e entra no G-4

Time de Campinas entra no G-4 pela primeira vez e encerra a rodada entre os três melhores times do campeonato

AE, Agência Estado

26 de julho de 2008 | 19h00

Em uma rodada de vários empates, o Corinthians voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro da Série B. O time do Parque São Jorge bateu o Paraná, por 2 a 0, em Curitiba. Já a Ponte Preta fez a lição de casa, ganhou do Avaí, por 3 a 2, e entrou pela primeira vez no grupo dos quatro primeiros. Os outros três jogos acabaram empatados.Veja também: Classificação Resultados / Calendário Corinthians derrota o Paraná e põe fim a jejum de vitórias O atacante Dentinho marcou dois gols no segundo tempo e o Corinthians bateu o Paraná, por 2 a 0, e acabou com um jejum de três jogos sem vencer. O resultado mantém o time paulista tranqüilo na liderança, agora, com 31 pontos. Já os paranaenses tiveram a seqüência de duas vitórias quebrada e seguem longe dos primeiros colocados, com 17.Com três gols de Leandrinho, sendo o último de pênalti, aos 50 minutos, a Ponte Preta venceu o Avaí, por 3 a 2, em Campinas. Marcus Vinícius e Vandinho marcaram para os visitantes. A equipe paulista chegou à marca de cinco vitórias consecutivas e, com 25 pontos, entrou na zona de acesso. Já os catarinenses permanecem entre os quatro primeiros, com 24. O atacante Túlio Maravilha salvou o Vila Nova da derrota, em Brasília. Ele marcou dois gols, o último aos 47 do segundo tempo, e garantiu o empate, por 2 a 2, com o Gama. O jogador assumiu a artilharia da competição, com 11 gols, ao lado de Luís Carlos, do Ceará. Pedro Paulo e Lucas Silva fizeram para os mandantes, que seguem na parte de baixo da tabela, com 14 pontos. Os goianos continuam na intermediária, com 20.Nos outros dois jogos, o Brasiliense arrancou um empate, por 2 a 2, contra o ABC, em Natal. Já o lanterna CRB só empatou em casa com o América-RN, por 1 a 1. A rodada será completada à noite com a partida entre Criciúma e Barueri, no interior catarinense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.