Victor Rafner/Divulgação
Victor Rafner/Divulgação

Ponte Preta vira sobre Paraná, fora de casa, e cola no G4 da Série B

Equipe paulista vence por 2 a 1, gols de Edno e César, e se aproxima dos líderes

AE, Agência Estado

27 de maio de 2014 | 21h44

CURITIBA - Durante toda a semana, o técnico Dado Cavalcanti chamou a atenção para a principal arma do Paraná: as jogadas aéreas. Nesta terça-feira, porém, o feitiço virou contra o feiticeiro e a Ponte Preta conseguiu a vitória de virada no estádio Durival de Britto, em Curitiba, por 2 a 1, com dois gols de cabeça - Edno e César. O confronto foi válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A Ponte Preta encerrou um jejum que se encaminhava para o quarto mês - a última vitória fora de casa havia sido no dia 12 de março, sobre o Náutico-RR, pela Copa do Brasil - e se manteve na cola do G4, chegando aos 13 pontos. Por outro lado, o Paraná estacionou nos oito e continua próximo da zona de rebaixamento. A partida pode ter sido a última de Claudinei Oliveira no comando tricolor.

O Paraná começou melhor e quase abriu o placar logo aos dois minutos, quando Giancarlo desviou cruzamento e exigiu grande defesa de Roberto. A Ponte Preta demorou para acordar, mas quando isso aconteceu criou bons lances de perigo. Alexandro soltou a bomba e Marcos rebateu, mas César pegou fraco o rebote e perdeu gol feito. Nos minutos finais, o goleiro tricolor ainda salvou em chute contra do zagueiro Anderson Rosa e cabeçada de Bryan.

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, Juliano Mineiro cabeceou para boa defesa de Roberto, mas o rebote sobrou para Carlinhos Miranda, que completou para o gol quase em cima da linha e fez 1 a 0 para o Paraná. Atrás do marcador, a Ponte Preta foi em busca do empate e conseguiu aos 23. Juninho cruzou e Edno, de cabeça, tirou de Marcos.

A virada alvinegra também veio pelo alto. Adrianinho cobrou falta e César subiu mais que todo mundo, cabeceando no canto do goleiro adversário. Nos minutos finais, o Paraná esboçou uma pressão, sem sucesso.

O Paraná volta a campo nesta sexta contra o Oeste, às 19h30, no estádio dos Amaros, em Itápolis (SP), pela nona rodada. No sábado, a Ponte Preta recebe o Boa, às 16h20, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1 x 2 PONTE PRETA

PARANÁ - Marcos; Carlinhos Miranda, Gustavo, Anderson Rosa e Breno; Cambará, Edson Sitta, Henrique Santos (Marcos Serrato), Juliano Mineiro (Lucas Pará) e Thiago Humberto (Gabriel Barcos); Giancarlo. Técnico: Claudinei Oliveira.

PONTE PRETA - Roberto; Daniel Borges, César, Gilvan e Bryan; Juninho, Elton, Adrianinho (Léo Cittadini) e Cafu (Rodolfo); Alexandro e Edno (Adilson Goiano). Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS - Carlinhos Miranda, aos 5, Edno, aos 23, e César, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Humberto e Lucas Pará (Paraná); Juninho, Bryan e Alexandro (Ponte Preta).

ÁRBITRO - Francisco de Assis Almeida Filho (CE).

RENDA - R$ 52.030,00.

PÚBLICO - 3.732 pagantes (4.636 no total).

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BParanáPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.