Ponte promete reabilitação contra o Corinthians

Após derrota para o Barueri, líder do Paulistão pensa apenas na vitória e pede apoio de sua torcida

Agência Estado

21 de fevereiro de 2008 | 19h32

Apesar da derrota para o Barueri, a Ponte Preta conseguiu se manter na liderança do Campeonato Paulista após a décima rodada, com 22 pontos, e promete buscar a reabilitação contra o Corinthians, neste domingo, no Estádio Moisés Lucarelli.  "Cada jogo tem sua história. Em Barueri tivemos um jogador expulso (Bilica) e isso nos atrapalhou. Por isso, agora, temos que nos concentrar somente em vencer o Corinthians", afirmou o técnico Sérgio Guedes. Ele conta que já está em busca de detalhes do adversário para transmitir aos seus jogadores. Ele lembra que "o time precisa jogar com a torcida", e deixou claro aos jogadores que não quer vê-los lamentando a derrota, e sim preocupados em manter a boa campanha. Além de liderar o Paulistão, a Ponte tem o melhor ataque, com 22 gols e o melhor saldo de gols: 10. Guedes pretende fazer dois treinos nesta sexta-feira para tentar confirmar o time, mantendo a filosofia de mexer no time o mínimo possível. Além de Bilica, o técnico ficou sem Deda, o outro volante, suspenso com três cartões amarelos. Eles devem ser substituídos por Ricardo Conceição e Fabiano, este formado nas categorias de base do clube. No mesmo setor, o principal reforço será a volta do meia Elias, que cumpriu suspensão automática. EXPECTATIVAA grande campanha da Ponte e a presença do Corinthians no Majestoso deixam os dirigentes otimistas com a possibilidade de casa cheia domingo. De um total de 14 mil ingressos, quatro mil foram destinados aos torcedores visitantes e já estão esgotados. A administração do estádio confirmou que restam apenas 3.500 bilhetes para os ponte-pretanos.

Tudo o que sabemos sobre:
Ponte PretaCorinthiansPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.