Ponte promete reforços até sexta-feira

Apesar da boa campanha que vem realizando no Campeonato Brasileiro, em que ocupa a 6ª posição, com 11 pontos, a Ponte Preta ainda busca reforços. Depois da saída do atacante Roger, negociado com o São Paulo, a prioridade do clube de Campinas é contratar um jogador para o ataque, mas os dirigentes ainda buscam um meia."Até sexta-feira, pelo menos, um atacante estará se apresentando", afirmou o gerente de futebol da Ponte, Ronaldo de Jesus. O alvo da diretoria é Frontini, do Marília.O meia Carlinhos Bala, do Santa Cruz, também chegou a ser sondado, mas ainda não houve um acordo entre as diretorias.Enquanto isso, o elenco viajou nesta terça-feira para cidade de Itu, onde ficará treinando no período em que o Campeonato Brasileiro ficar parado - a Ponte só volta a jogar no dia 11 de junho, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.