Ponte quer renovar com atacantes

A diretoria da Ponte Preta espera definir neste início de semana as renovações de dois atacantes para a temporada 2005. As permanências de Alex Sandro e Anselmo foram aprovadas pelo técnico Nenê Santana e, agora, as dificuldades passam a ser para acertar o empréstimo de ambos.Com relação a Anselmo, a situação é mais confortável. As negociações já foram iniciadas com o procurador Lúcio de Souza. Anselmo teve uma temporada irregular, marcando apenas um gol no Paulista e cinco no Campeonato Brasileiro. Mas, fechou o ano em alta, ao marcar dois gols contra o Vitória, quando a Ponte venceu por 2 a 1 em Salvador (BA) na última rodada. O jogador está de férias no Rio e já manifestou seu desejo de ficar no Majestoso. Até março ele tem vínculo com o Palmeiras, o que não parece ser empecilho para o acordo final.O diretor de futebol da Ponte Preta, Ricardo Koyama, passou praticamente toda a semana conversando com Paulo Carneiro, presidente do Vitória, na tentativa de garantir a permanência do atacante Alecsandro. Mesmo tendo atuado apenas um terço dos jogos do Brasileiro, ele marcou seis gols, mostrando potencial e agradando a torcida.?O problema é que o Vitória está pedindo um valor muito alto?, disse Koyama, ainda sem perder a esperança de acerto. Com o jogador já está tudo definido, mesmo porque sua noiva mora em Indaiatuba (SP), cidade próxima de Campinas (cerca de 40 quilômetros).À exceção desses dois jogadores, todos os demais titulares já acertaram seus contratos com o clube. O volante Flávio, ex-Palmeiras, já definiu valores, mas ainda depende de alguns poucos detalhes. A idéia da diretoria é ter o grupo definido para a apresentação marcada para o dia 10 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.