Ponte reforça marcação contra o Cruzeiro

Do discurso para a prática há sempre uma grande diferença. O técnico Abel Braga, da Ponte Preta, já admite que poderá reforçar o sistema de marcação contra o líder Cruzeiro, domingo em Campinas, e voltar a jogar no estilo "feijão com arroz" que tirou o time das últimas posições do Campeonato Brasileiro. Embora tenha defendido as experiências diante do Internacional, a goleada de 4 a 1, está forçando o técnico a mudar suas posições. Tanto que para domingo ele deve voltar a atuar com dois volantes, confiando na recuperação de Romeu, que deve ser liberado pelo departamento médico por causa de um entorse no tornozelo. Faltaria, então, recompor o lado direito da defesa com a escalação de Marquinhos ou de Carlos Alexandre. Estas opções ele começa a pensar nesta quarta-feira quando acontece a apresentação geral do elenco. A folga de dois dias já tinha sido programada pela comissão técnica. Segundo o fisicultor Cristiano Nunes, o time teve uma seqüência de viagens desgastante. E já terá outra logo após o jogo diante do Cruzeiro: vai a Criciúma, dia 20, e depois Belém, dia 24, respectivamente, domingo e quarta-feira, completando na mesma semana o jogo em casa diante do Figueirense, dia 31 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.