Ponte sonha com vitória salvadora

O empate em 1 a 1 com o Coritiba no último sábado renovou as esperanças da Ponte Preta em se manter na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Segundo o matemático do clube e professor da Unicamp, Laércio Venditte, o time que chegar a 49 pontos estará livre do rebaixamento à Série B. Com 46 pontos, a Ponte ocupa a 21ª posição na tabela de classificação. Os próximos adversários, entretanto, são considerados muito difíceis pela comissão técnica. No próximo domingo será o São Paulo, no Majestoso. O time, que ainda briga por vaga na Taça Libertadores, foi derrotado em casa pela Ponte no primeiro turno por 2 a 1. "É uma missão difícil, mas não impossível", lembra o técnico Abel Braga, lembrando do turno inicial. Só que no Majestoso, a Ponte não vence o São Paulo desde 1999. Além disso, luta contra um tabu neste Brasileirão: não vence diante de sua torcida desde o dia 13 de julho, quando bateu no Bahia, por 1 a 0. Em seguida o adversário será o Flamengo, no Maracanã. O problema maior está no fato da equipe jamais ter vencido no gramado do "Maior do Mundo". A terceira e última chance acontece em casa, quando enfrenta o Fortaleza no Majestoso em partida que pode selar o amargo destino de uma das duas equipes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.