Ponte suspeita de ajuda ao Corinthians por suspensões

Próximo adversário do Corinthians, a Ponte Preta não terá o zagueiro Jean e o volante Deda para o duelo de sábado, às 16 horas, no Pacaembu, em São Paulo, pela 26.ª rodada da Série B. O primeiro recebeu o terceiro cartão amarelo e o segundo foi expulso na vitória sobre o Marília.Para o coordenador técnico do time campineiro, José Luiz Carbone, é muita coincidência os jogadores desfalcarem a equipe justamente agora, quando o próximo adversário é o atual líder do campeonato. "Sempre antes dos jogos contra o Corinthians, a gente tem dois jogadores a menos", reclamou. No primeiro turno, o meia Renato, principal destaque da equipe, e o volante Deda já haviam ficado de fora.A Ponte Preta, inclusive, vai enviar uma fita à CBF pedindo que o árbitro Cléber Wellington Abade, responsável pelas suspensões de Deda e Jean, não apite mais jogos do time.Existe também a tentativa de eximir o volante de suspensão, uma vez que a falta que originou o cartão vermelho ao capitão da Ponte foi feita por Eduardo Arroz. "Pena que não terá tempo para o jogo de sábado. Mas tenho certeza que eles vão arrumar isso", disse.Mas o dirigente garante que a Ponte Preta não vai temer a arbitragem contra o Corinthians. O árbitro escalado para o confronto foi o carioca Wagner Tardelli. "Não estamos preocupados com a arbitragem. O time está preparado e vamos jogar de igual para igual, sem medo do Corinthians", finalizou Carbone.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.