Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ponte tenta evitar 4ª derrota em Belém

Depois de perder os últimos três jogos no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta ligou o alarme vermelho.Numa tentativa de evitar a volta ao bloco dos ameaçados pelo rebaixamento, o time enfrenta o Paysandu, neste domingo à tarde, em Belém, admitindo até que o empate será bom resultado.Na última sexta-feira, o time trocou os treinamentos por um demorada conversa comandada pelo vice-presidente de futebol, Marco Antonio Eberlim, com toda a comissão técnica e também os jogadores. A conversa reservada passou de uma hora e teria servido para aparar algumas arestas. O objetivo é retomar o futebol solidário e de garra que tirou os times das últimas posições."Nosso time está jogando sem alma", reconheceu o técnico Abel braga após a derrota para o Criciúma, por 3 a 0, em Santa Catarina. Alguns jogadores reconheceram que o time não está jogando com alegria. O resultado foram as derrotas para Internacional, por 4 a 1, e Cruzeiro, por 3 a 1, em casa, dentro do próprio Majestoso. A Ponte soma 30 pontos, em 19º lugar.Ao mesmo tempo em que juntavam os cacos, os pontepretanos contabilizavam as perdas do último jogo. O meia Adrianinho e o centroavante Fabrício Carvalho receberam o terceiro cartão amarelo, enquanto o meia Roger foi expulso. Mas o time terá alguns retornos importantes, como do zagueiro Gerson, que cumpriu suspensão automática, e do experiente volante Romeu, recuperado de contusão.O técnico Abel Braga não divulgou a escalação do time, mas promete manter o esquema 3-5-2. Ronildo volta após cumprir suspenso e deve ser o ala-esquerdo. No ataque, o argentino Dario Gigena ganha a primeira chance de começar jogando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.