Ponte tenta provar força em Campinas

Com três derrotas nos últimos três jogos, a Ponte Preta promete atacar o Corinthians e fazer valer sua supremacia no Estádio Moisés Lucarelli. Se autodefinindo como ousado e corajoso, Zetti avisou que vai apertar a marcação para buscar a vitória. Com 33 pontos, a Ponte espera o resultado positivo para reassumir a ponta - posição que sustentou por oito rodadas consecutivas."Tenho duas situações: manter a marcação forte e ser mais ousado no ataque, mesmo correndo riscos lá atrás", comenta Zetti, que elogiou a disposição do time na derrota de 2 a 1 para o Palmeiras.O treinador espera que o elenco tenha assimilado a motivação que tentou transmitir nos últimos dias, inclusive na preleção feita antes do treino tático de sexta-feira. "Precisamos mostrar que somos capazes de vencer o líder e voltar à liderança", alerta. A Ponte também buscará a reabilitação em casa, porque perdeu para o Coritiba, por 3 a 0, no último domingo. Antes disso, somou seis vitórias e dois empates. "Em casa, precisamos vencer e não perder nenhum ponto", reforça Zetti.Mesmo sem confirmar a escalação, o treinador deve optar pelo esquema 4-4-2. O meia Evando, gripado, não deve jogar. Izaías deve ser o substituto. No meio campo, Luciano Santos entra na vaga de Carlinhos, suspenso. Bruno e Iran lutam por posição na lateral-direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.