Ponte tenta superar irregularidade

A Ponte Preta quer superar suairregularidade dentro do returno do Campeonato Brasileiro paravencer o Internacional, neste domingo, às 16 horas, no estádioMoisés Lucarelli. A vitória será importante para a conquista deuma vaga na Copa Sul-Americana de 2005, objetivo dos dois timesque somam 61 pontos cada. A preocupação do técnico Nenê Santana durante a semana foireanimar os jogadores após a derrota para o Fluminense, por 1 a0, em Volta Redonda. O próprio técnico andou na corda bamba,sendo muito criticado e tendo seu cargo ameaçado. Na verdade, asua permanência no próximo ano depende do sucesso nas últimasduas rodadas do Brasileiro, nos jogos contra o Internacional edepois diante do Vitória, em Salvador. "Estou tranqüilo, porque sou funcionário do clube. Masestou preocupado em achar a melhor formação do time paravencermos", disse Santana, que também promoveu novas mudançasno time para buscar a tal motivação que anda faltando em campo.Nem a premiação de R$ 100 mil prometida pela diretoria parecedar ânimo ao grupo. Na última apresentação em casa, a Ponteperdeu para o Atlético-PR, por 3 a 2. A maior surpresa do time é a entrada de Luciano Baiano nalateral direita no lugar de André Cunha, que apresentou desgastefísico nos últimos jogos. Baiano vinha atuando improvisado nalateral-esquerda, agora ocupada por Bill, recuperado decontusão. No meio campo, a ausência de Marcus Vinícius será ocupada porRicardo Conceição, enquanto Lindomar entrará na vaga de Flávio,por opção técnica. No ataque, após cumprir suspensão, Rogerentra na vaga de Anselmo. Além da premiação, a diretoria tenta motivar o timecom a presença de sua torcida. Assim voltou à promoção da vendade ingressos por R$ 7 para sócios e torcedores com a camisa doclube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.